quinta-feira, março 4, 2021

Tag: cientistas negras

Pesquisadoras também produziram livreto em homenagem às profissionais que atuam no combate ao coronavírus - Ilustrações: Marcelo Jean Machado

Projeto dá visibilidade ao trabalho de cientistas negras brasileiras de forma lúdica

A ciência também é coisa de menina Quantas mulheres pesquisadoras que atuam no mundo das ciências você conhece? E quantas delas são negras? Embora o racismo e o machismo enraizados na sociedade brasileira as invisibilizem e tornem difícil elencar um número considerável desses nomes, as pesquisadoras são muitas e ocupam cada vez mais espaço na produção científica de diversas áreas do conhecimento. Com o objetivo de ecoar o trabalho dessas profissionais, o grupo de extensão Meninas e Mulheres nas Ciências, da Universidade Federal do Paraná (UFPR) produz uma série de materiais didáticos e lúdicos que nos permitem entrar em contato com trajetória e conquistas dessas mulheres. Acessando o livro de passatempos online Cientistas Negras: Brasileiras, por exemplo, é possível conhecer a história de Sônia Guimarães, primeira mulher negra brasileira a ser doutora em Física e primeira professora negra do Instituto Tecnológico da Aeronáutica (ITA), por meio de um caça-palavras. É também procurando ...

Leia mais
blank

Como cientista da Nasa de Uganda, Catherine Nakalembe, usa satélites para impulsionar a agricultura

Como uma entusiasta jogadora de badminton, a ugandense Catherine Nakalembe queria estudar ciências do esporte na universidade, mas o fracasso em obter as notas exigidas para um subsídio do governo a colocou no caminho que a levou à Nasa. E ainda ganhou um relevante prêmio de pesquisa em alimentos, escreve Patience Atuhaire da BBC. Quando Nakalembe tentou explicar a um fazendeiro de Karamojong, no nordeste de Uganda, como o trabalho dela usando imagens tiradas de satélites centenas de quilômetros acima da Terra se relaciona com seu pequeno terreno, ele riu. Embora ela use as imagens em alta resolução em seu trabalho pioneiro para ajudar os agricultores e os governos a tomarem melhores decisões, ela ainda precisa trabalhar para aprimorar os dados. Em outras palavras, do espaço você não pode dizer a diferença entre grama, milho e sorgo. "Por meio de um tradutor, disse ao fazendeiro que quando olho os dados, ...

Leia mais
Ilustrações de Marcelo Jean Machado

Cientistas negras brasileiras são homenageadas em novo livro de passatempos do “Meninas e Mulheres nas Ciências”; baixe

No dia nacional da Consciência Negra, professoras e estudantes da UFPR que integram a equipe do Projeto de Extensão “Meninas e Mulheres nas Ciências” lançam o livro de passatempos “Cientistas Negras: Brasileiras – Volume 1”, disponível gratuitamente aqui. O objetivo da obra é divulgar o protagonismo das cientistas negras brasileiras, impulsionando a educação e divulgação científica em uma perspectiva descolonizadora e humanizadora.  O material aborda os assuntos por meio de atividades lúdicas, tais como caça-palavras, palavras cruzadas e desenhos para colorir. No primeiro volume, são contadas as trajetórias de 14 cientistas negras brasileiras de diferentes campos de conhecimento. Na capa, as nove cientistas ilustradas simbolizam as grandes áreas de conhecimento. Uma delas, a professora Rita de Cássia dos Anjos, das Ciências Exatas e da Terra, é professora e pesquisadora de destaque na Universidade Federal do Paraná (saiba mais sobre ela abaixo).  A coordenadora do projeto, professora Camila Silveira, do departamento de Química, enfatiza a importância da obra para o fortalecimento e reconhecimento de referências intelectuais negras no ...

Leia mais
Jaqueline Goes de Jesus, uma das cientistas brasileiras que integra a equipe que fez o sequenciamento do genoma do novo coronavírus (Foto: Reprodução Currículo Lattes)

Conheça a cientista, negra e nordestina, que coordena a luta contra o Covid-19 no Brasil

No Brasil, conhecemos o primeiro caso de Covid-19 confirmado no país e o nome de Jaqueline Goes de Jesus praticamente ao mesmo tempo. Isso porque a biomédica soteropolitana de 30 anos coordenou a equipe que sequenciou o genoma do vírus em 48 horas, tempo recorde em relação a outros países. A precisão e a agilidade foram essenciais para o estudo ganhar aplausos da comunidade científica – e além. Mas o fato de ter sido liderado por uma mulher negra e nordestina fez com que as luzes dos holofotes ficassem ainda mais fortes. Jaqueline foi manchete em vários jornais, destaque no Fantástico, viu seus seguidores no Instagram se multiplicarem e até ganhou cartum do Mauricio de Sousa, desenhada ao lado da professora Ester Sabino. As duas dividem a coordenação do projeto Cadde (Centro de Descoberta, Diagnóstico, Genômica e Epidemiologia de Arbovírus), uma parceria do Brasil com o Reino Unido, e que aqui foi desenvolvido no Instituto ...

Leia mais
blank

23 cientistas negras que mudaram o mundo

Mulheres que merecem toda nossa admiração. Por Anjali Patel Do Buzzfeed 1. Alice Ball (1892-1916), química que criou o primeiro tratamento eficaz contra a hanseníase quando tinha apenas 23 anos. University of Hawaii / Anjali Patel / BuzzFeed / Getty Images / Via hawaii.edu Antes de Alice, as pessoas sabiam que um tratamento potencial para a hanseníase existia no óleo de Chaulmoogra. No entanto, ele era espesso demais para circular através do corpo. Alice Ball, prodígio da ciência e química extraordinária, foi quem FINALMENTE descobriu como transformá-lo em um tratamento que funcionasse. 2. Annie Easley (1933-2011), cientista aeronáutica que desenvolveu um software para o Centaur, um dos lançadores de foguete mais importantes da NASA. NASA Science and Engineering Newsletter / Anjali Patel / BuzzFeed / Getty Images / Via Women in Science O Centaur é um lançador de foguetes usado para propulsionar sondas e satélites até ...

Leia mais
blank

Quem são as cientistas negras brasileiras?

As mulheres negras que realizam pesquisas voltadas para ciências exatas são pouco mais de 5.000 Por BEATRIZ SANZ, do El Pais  Quando criança, Sonia Guimarães era a segunda melhor aluna da sala e adorava matemática. No primário, ficou entre as cinco melhores da classe. Estudava de tarde, mas quem se destacava tinha a chance de ir para a turma da manhã. Sonia não foi porque foi preterida pela filha de uma das funcionárias, que havia pleiteado a vaga. “Quem tiraram? A pretinha. Eu me senti depreciada por isso”, lembra ela. A hoje professora de Física no Instituto Tecnológico da Aeronáutica(ITA), uma das instituições de ensino mais conceituadas e concorridas do país, lembra que essa não foi a única passagem de racismo que a marcou em sua vida. Mas, apesar da torcida contra, conseguiu o primeiro título de doutorado em física concedido a uma mulher negra brasileira. Ela, porém, sequer sabia dessa ...

Leia mais
blank

“Estrelas Além do Tempo” é líder nas bilheterias dos EUA pela segunda semana

Estrelas Além do Tempo se manteve no topo das bilheterias americanas pelo segundo fim de semana consecutivo, superando estreias como Silêncio, de Martin Scorsese; A Lei da Noite, de Ben Affleck; e Monster Trucks, de Chris Wedge. Fonte: Mulher no Cinema O filme faturou US$ 20,5 milhões (cerca de R$ 66 milhões), um valor que deve ultrapassar US$ 25 milhões (R$ 80,5 milhões) nesta segunda-feira (16), feriado nacional americano por causa do Dia de Martin Luther King. Se essa previsão se confirmar, a renda total do filme desde que entrou em cartaz passará de US$ 59 milhões (R$ 190 milhões), mais do que o dobro do orçamento de produção. Estrelas Além do Tempo conta a história real de Katherine G. Johnson, Dorothy Vaughan e Mary Jackson, três cientistas da Nasa que tiveram papel crucial na missão que fez de John Glenn o primeiro astronauta americano a entrar em órbita da Terra, em 1962. Além das protagonistas Taraji P. ...

Leia mais

Welcome Back!

Login to your account below

Create New Account!

Fill the forms bellow to register

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.

Add New Playlist