terça-feira, junho 15, 2021

Tag: grávida

Kathlen de Oliveira Romeo (Reprodução/Instagram)

Violência no RJ vitimou 15 grávidas desde 2017, afirma plataforma Fogo Cruzado

A morte de Kathlen Romeu, grávida de quatro meses, na última terça-feira (8) é a 8ª morte de gestante na Região Metropolitana do Rio de Janeiro desde 2017. Segundo a plataforma Fogo Cruzado, 15 mulheres grávidas foram baleadas no Grande Rio, sete delas morreram. Desses 15 casos, nove bebês não resistiram. Segundo a Fogo Cruzado, apesar de todas terem sido vítimas da violência armada, as 15 grávidas baleadas no Grande Rio foram vitimadas de diferentes formas: 6 delas foram vítimas de balas perdidas, 4 foram vítimas de execução/homicídio, 3 foram baleadas durante roubo ou tentativa de roubo, 1 foi baleada com indícios de tortura e 1 não teve motivação identificada. Até março de 2021, a plataforma, que compila dados de segurança pública no estado do Rio, registrou 681 mulheres baleadas na Região Metropolitana do Rio: 258 delas não resistiram e morreram. Os motivos dos tiroteios que mais deixaram mulheres baleadas foram operação ou ação policial, que fez 194 ...

Leia mais

Grávida foi sequestrada e morta para ter bebê roubado, diz polícia do Rio

Investigadores acreditam que corpos achados queimados são de Rayanni e do bebê. Casal foi indiciado por 2 homicídios duplamente qualificados e ocultação de cadáveres. Fonte: G1 por, Carlos Brito A polícia Civil do Rio informou nesta segunda-feira (26), em entrevista coletiva na Cidade da Polícia, que a grávida Rayanni Christini Costa Ferreira, de 22 anos, foi sequestrada e morta para ter o bebê roubado por outra mulher. Os investigadores da Delegacia de Paradeiros acreditam que o corpo da jovem desaparecida em Bangu, na Zona Oeste, em 13 de dezembro, tenha sido queimado junto com o do bebê. Restos mortais foram encontrados na Baixada Fluminense e peritos vão analisar o DNA para saber se é de Rayanni e do bebê. Os suspeitos, Thainá da Silva Pinto, de 21 anos, e o marido, Fábio Luiz Souza Lima, de 27, foram indiciados por duplo homicídio duplamente qualificado e ocultação de cadáveres. Os dois ...

Leia mais

Gestante desaparece após sair para encontrar mulher que doaria roupas para o bebê

Grávida de sete meses, Rayanne Christini mora em Bangu Do O GLOBO A Polícia Civil procura uma gestante que desapareceu em Bangu, na Zona Oeste, depois de sair para encontrar uma mulher que prometia doar roupas para o bebê que espera. Rayanne Christini Costa Ferreira, de 22 anos de idade, está grávida de sete meses. Ele saiu de casa, em Bangu, na terça-feira, com destino à Central do Brasil e não foi mais vista. De acordo com agentes da Delegacia de Descoberta de Paradeiros (DDPA), Rayanne teria ido se encontrar com uma mulher que lhe daria roupas para a criança. Quem tiver qualquer informação que possa contribuir com as investigações pode entrar em contato com a DDPA pelos telefones (21) 2202-0338 / 2582-7129, ou com a Central de Atendimento ao Cidadão (CAC) pelos telefones (21) 2334-8823 e 2334-8835.

Leia mais

Está grávida? Veja 10 cuidados para se proteger do zika vírus

Melhor forma de combater doença é eliminando os focos de reprodução do Aedes aegypti, mas há outras formas de evitá-la Do iG O desespero com uma possível infecção pelo zika vírus levou a rotina de gestantes de todo o Brasil a mudar abruptamente. Mesmo que as principais suspeitas sobre a relação da doença com casos de microcefalia tenham surgido no final do ano passado, período em que as pessoas costumam viajar para visitar parentes ou descansar, grávidas passaram a cancelar seus passeios, evitar aglomerações em público, usar repelentes de forma descontrolada a fim de evitar qualquer contaminação. O surgimento de casos em países vizinhos só fez o pânico crescer. De repente, a Colômbia iniciou campanhas pela luta contra o Aedes aegypti e, assim como o Brasil, viu o combate à doença se tornar a maior preocupação nacional na Saúde pública do país. Infectados surgiram nos EUA, Europa, Ásia, fazendo o temor crescer. No início do mês, a ...

Leia mais

Quando soube da microcefalia, grávida de 18 anos foi abandonada pelo marido

O diagnóstico de microcefalia foi a sentença de morte para o casamento de Yanca Mikaelle de Lima, 18 anos. Ela lembra que o marido e toda a família dele começaram a se afastar quando um ultrassom no sétimo mês de gravidez detectou o problema. Na semana seguinte, a gestante e o outro filho do casal estavam de volta à casa da mãe dela. Por Felipe Pereira, do UOL Como previsto pelos médicos, Sofya Emanuelle de Lima nasceu com microcefalia na maternidade de Campina Grande, Paraíba, em 31 de janeiro. Yanca recorda que teve zika no terceiro mês de gravidez e os sintomas foram leves, manchas vermelhas durante um dia. Isto foi em outubro, e o surto de microcefalia ainda não era conhecido. Aos sete meses de gravidez, Yanca precisou ser internada porque Sofya parecia querer nascer antes da hora. Os médicos aproveitaram para fazer o ultrassom e o comportamento do marido mudou. Àquela ...

Leia mais

Contra zika, grávidas mudam rota do Réveillon e estocam repelente

O repelente virou item de bolsa obrigatório, as roupas compridas saíram do armário em pleno calor de dezembro e telas contra insetos entraram na lista de desejos de consumo. Tudo para evitar o Aedes aegypti, mosquito que transmite dengue, chikungunya e, agora, também a zika. A rotina e as preocupações das gestantes mudaram após a proliferação de casos de microcefalia ligados ao vírus zika no país –são 2.165 ainda suspeitos e 134 já confirmados, de acordo com o mais recente boletim do Ministério da Saúde, divulgado na última terça-feira (15). "Passo repelente toda hora", diz a estilista Susan Feldman, 33, grávida de cinco meses e dona de quatro exemplares do produto. Seis casos de microcefalia possivelmente ligados ao zika são investigados em São Paulo, onde ela mora, enquanto o Nordeste concentra o maior número de suspeitas. Por isso, ela desistiu de ir à Bahia no fim do ano e resolveu ...

Leia mais

Corpo de grávida desaparecida em Ponte Nova é encontrado sem o bebê

Mulher saiu para consulta médica no último dia 26, diz PM. De acordo com a polícia, mãos e pés estavam amarrados. Do G1 O corpo de uma jovem de 21 anos foi encontrado na zona rural de Ponte Nova, na Zona da Mata de Minas Gerais, nesta terça-feira (30). De acordo com a Polícia Militar (PM), ela estava grávida de nove meses e havia desaparecido no último dia 26. A corporação informou que o bebê não estava na barriga da vítima. Segundo a Polícia Civil, a jovem sumiu após sair de casa para uma consulta no Hospital Nossa Senhora das Dores. A assessoria da unidade de saúde disse que a mulher esteve no local para uma consulta de rotina, foi atendida e liberada. Câmeras de segurança registraram a chegada e a saída da vítima do prédio e, de acordo com a polícia, ela estava sozinha. Nesta terça-feira, o Corpo de ...

Leia mais

Victor Farinelli: Fabiana, a gravida passista, e o tribunal das redes sociais

SAMBANDO GRÁVIDA NO PAÍS DO INDIVIDUALISMO DE GÉRSON Na Revista Fórum  Por Victor Farinelli*, em seu Facebook Sou surpreendido na manhã de terça-feira pelas cinzas prematuras do carnaval brasileiro. Nas redes sociais, o assunto desses dias entre os brasileiros é uma passista que desfilou grávida de sete meses. Antes de ler os comentários, só pela foto, achei o máximo. Eu, com minha obesidade indisfarçável, sofro para subir três andares de escada, e essa moça consegue atravessar uma avenida grávida e sambando. Ela se chama Fabiana Vilela, trazia na barriga um menino, que se chamará Lorenzo, e foi um dos destaques da escola de samba Tom Maior, do carnaval de São Paulo. “Talvez tenha sido incômodo, certamente foi exaustivo, mas ela parece feliz, que bom pra ela”, pensou minha mente ingênua. Mas no Brasil atual, onde não existe espaço para esse tipo de condescendência, Fabiana foi execrada. No Superior Tribunal das ...

Leia mais

‘Já me bateram até grávida’, diz mulher de camelô

Por: Felipe Resk "Não é a primeira vez nem a quinta que isso aconteceu. É o de sempre. Já me bateram até quando eu estava grávida", afirmou a vendedora ambulante Cláudia Silva Lopes, de 31 anos, mulher do camelô Carlos Augusto Muniz Braga, de 30 anos, que foi morto por um policial militar na tarde desta quinta-feira, 18, na Lapa, zona oeste da capital paulista. "Por que o governo coloca policial despreparado para lidar com pessoas? E agora como vou sustentar minhas três crianças?", questionou Cláudia, que tem filhos de 4, 9 e 12 anos. Ela disse ainda que não a deixaram ver o corpo do marido. O corpo do ambulante está no Instituto Médico Legal (IML) do Hospital das Clínicas (HC), na zona oeste de São Paulo, e vai ser levado para a cidade de Simplício Mendes, no Piauí, onde Braga nasceu. Segundo Cláudia, no entanto, ainda não há previsão ...

Leia mais

Médicos fazem laqueadura em mulher grávida

A cirurgia foi realizada em outubro na cidade de Santos; a paciente conta que sente dores Médicos de um hospital público de Santos, cidade a 72 km de São Paulo, realizaram uma laqueadura em uma mulher grávida. O caso aconteceu em outubro do ano passado, quando a mãe de cinco filhos estava grávida de um mês e meio. Antes de realizar a cirurgia, que é um procedimento de esterilização feminina, os médicos realizaram exame de gravidez. A mulher, que completa oito meses de gestação em maio, sente dores na região da cirurgia, mas os médicos garantem que o bebê não corre risco de morte. A Secretaria de Saúde de Santos afirmou que abriu sindicância para apurar se houve erro médico no caso.     Fonte: R7

Leia mais

Welcome Back!

Login to your account below

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.

Add New Playlist