Taís Araújo e Lázaro Ramos reestreiam peça sobre Martin Luther King em SP

Reestreou na sexta-feira (15.01), em São Paulo, a peça “O Topo da Montanha”. Com Taís Araújo e Lázaro Ramos. A montagem está em cartaz no Teatro Faap. O retorno aos palcos coincidiu com o aniversário de Martin Luther King, que inspira a peça. O trabalho fica em cartaz até 28 de fevereiro, sempre à sextas, sábados e domingos.

No Negro Belchior

A peça narra o último dia do pastor protestante e ativista político, que se tornou ícone por sua luta contra o racismo, pelo amor ao próximo e pelo repúdio à segregação racial norte-americana. “O Topo da Montanha” faz alusão ao último grande discurso dele (“I’ve Been to the Mountaintop”), um dia antes de seu assassinato.

 

“Este texto me perseguiu como ator por dois anos, por meio de pessoas que diziam que tinha de fazê-lo no Brasil. E é contemporâneo porque é uma história também sobre enfrentar medos”, resume Lázaro. “Tínhamos muito receio de que o texto fosse americano demais e não tocasse as pessoas. Mas o tempo e uma boa tradução nos convenceram que as questões do amor e da igualdade são relevantes e próximas a todos nós”, completa Taís.

Com humor e emoção, a peça faz rir, chorar e sobretudo, refletir sobre a importância de se dedicar à causa pelo fim da discriminação racial em todo o mundo. A tradução para o português foi feita por Silvio José Albuquerque e Silva, responsável por dar vida a temas universais e ainda envolventes. Lázaro Ramos e Taís Araújo também são os produtores da versão brasileira. Ramos dirige.

História

“O Topo da Montanha” fez sua primeira aparição em Londres, em 2009. Então, recebeu o prêmio Lawrence Olivier como melhor peça estreante. Em 2011, aterrissou na Broadway, em Nova York, encenada por Samuel L. Jackson e Angela Basset.

Vamos ao Teatro

“O Topo da Montanha” – Teatro Faap
R. Alagoas, 903, Higienópolis
São Paulo – SP

Quando? Em 2016, curta temporada de 15 de janeiro a 28 de fevereiro.
Lotação: 506 lugares

Sexta, 21h30, sábados, 21h e domingos às 18h – 80 minutos de duração.

Ingressos a R$90. Aceita Visa, Mastercard.
Classificação: 12 anos

Estacionamento limitado e vagas para deficientes.

+ sobre o tema

Após queixas sobre racismo, Secretaria da Cultura do Pará muda cartaz de feira

A 22ª edição da Feira Pan-Amazônica do Livro também...

Vereador Francisco Chagas promove Ato de Desagravo aos Nordestinos

Evento será realizado após a Sessão Ordinária da Câmara...

Luta contra o racismo exige persistência

O enfrentamento ao racismo no Brasil exige tanto inventividade quanto persistência....

para lembrar

Por que o ‘blackface’ é uma forma de racismo

Maquiagem usada pelo primeiro-ministro do Canadá, Justin Trudeau, surgiu...

Jovens pregam assassinato de Dilma no Twitter

A perigosa catarse da Oposição derrotada Arísia Barros Escrevo com o coração...

Goiás reconhece responsabilidade na morte de 10 menores carbonizados

Em maio de 2018, dez jovens morreram em incêndio...

STF: Audiencia Pública Kabengele Munanga

Ministro Ricardo Lewandowski Chamo agora para fazer uso da palavra...
spot_imgspot_img

Fifa apresenta pacote de medidas contra o racismo no esporte

A Federação Internacional de Futebol apresentou um pacote de medidas contra o racismo no esporte. O mundo do futebol está reunido em Bangkok, na Tailândia, onde...

Tragédia no Sul é ambiental, mas sobretudo política

Até onde a vista alcança, o Rio Grande do Sul é dor, destruição. E vontade de recomeçar. A tragédia socioclimática que engolfou o estado, além da...

Para os filhos que ficam

Os seus pais vão morrer. É ainda mais difícil se dar conta disso depois de um Dia das Mães, como foi o último domingo....
-+=