“Terra deu, terra come”: Documentário resgata a cultura de quilombo mineiro

Por: MAURÍCIO STYCER

 Pedro de Almeida, conhecido como Pedro de Alexina, vive no Quartel do Indaiá, antigo quilombo na região de Diamantina, Minas Gerais. Descendente de escravos, cabelos brancos, 81 anos, garimpeiro, ele é apresentado ao espectador na primeira cena de "Terra Deu, Terra Come", encomendando o corpo de João Batista, morto aos 120 anos.

A partir daí, e ao longo de 88 minutos, vamos acompanhar o velório, o cortejo fúnebre e o enterro do velho homem. Perto da cova, Alexina vai borrifar cachaça no corpo e explicar ao morto: "O que você queria taí. Nós não bebeu ela não, a sua taí. Vai e não volta pra me atentar por causa disso não. Faz sua viagem em paz"

<

 
Desde o início, fica claro para o espectador que todos ali, naquele vilarejo pobre e muito simples, sabem que estão sendo filmados. Diante da câmera do diretor Rodrigo Siqueira, Pedro de Alexina conta histórias, lendas e evoca fantasmas. Parece um personagem saído da obra de Guimarães Rosa, atormentado pela lembrança de um tio, com quem trabalhou, que enterrou um diamante antes de morrer. "A terra deu, a terra come", diz, resignado com a impossibilidade de encontrar o tesouro.

Objetivamente, o documentário tem o propósito de registrar os vissungos – cantigas fúnebres, em dialeto banguela, cantadas nos séculos 18 e 19, que Pedro de Alexina parece ser um dos últimos a ainda conhecer.

Mas "Terra Deu, Terra Come" vai muito além, ao deixar fluir a cumplicidade existente entre Rodrigo Siqueira e o velho garimpeiro. Estamos diante de um documentáerra Deu, Terra Comrio ou de uma ficção? O filme supera esta barreira e oferece a possibilidade de compartilharmos do pacto entre o diretor e o personagem. Sem saber o que é real e o que é fantasia na representação daquele velório, o espectador embarca numa viagem fascinante.

"Terra Deu, Terra Come" integra a mostra competitiva do festival É Tudo Verdade. O filme tem sessões nesta sexta-feira, às 21h, no Espaço Unibanco, e no sábado, às 15h, no mesmo cinema.

 

 

Fonte: UOL

 

 

+ sobre o tema

“I have a Dream”

AUTHENTICITY CERTIFIED: Text version below transcribed directly from audio....

Para sorrir: busca por cabelo cacheado supera o de liso

Nada melhor para a nossa autoestima do que um...

para lembrar

Das coisas boas e belas que nascem na favela

A possibilidade de ver o belo é sempre um...

“Afropessimismo” deve ser revisto após a Copa

Quando se fala em África, logo se pensa em...

Caso George Wright – Uma analise possível

Por: Hélio Bernardo Lopes Desde anteontem que tomei conhecimento da...

Heloisa Pires Lima – A criação literária como um fio condutor

No meu caso, a criação literária é um...
spot_imgspot_img

Gilberto Gil é homenageado na Uerj por contribuições culturais ao país

Cantor, compositor, escritor, produtor musical, imortal da Academia Brasileira de Letras, ex-ministro da Cultura. Dono de vários talentos e posições, Gilberto Gil ganhou nesta...

‘Bad Boys 5’ já está sendo discutido, afirma produtor

‘Bad Boys: Até o Fim‘ estreou há apenas uma semana, mas um 5ª filme para a franquia estrelada por Will Smith e Martin Lawrence já está sendo discutido. A...

Grávida, Iza conta que pretende ter filha via parto normal: ‘Vai acontecer na hora dela’

Iza tem experienciado e aproveitado todas as emoções como mamãe de primeira viagem. No segundo trimestre da gestação de Nala, fruto da relação com Yuri Lima, a...
-+=