Todo apoio ao povo quilombola de Alcântara!

Enviado por / Fontedo Conaq

Eduardo Bolsonaro pretende votar o novo acordo que entrega a base aeroespacial de Alcântara-MA para domínio norte-americano ainda esta semana, na Câmara Federal. Nem a maioria dos deputados e deputadas nem a população sabe o que está em risco. Exigimos mais tempo e um debate sincero junto à sociedade brasileira.

Setecentas e noventa e duas famílias quilombolas serão expulsas de suas terras ancestrais. Não foi apresentado nenhum plano de remoção ou deslocamento para as 2.121 pessoas diretamente atingidas. Não houve consulta prévia às comunidade, como exige a Convenção 169 da OIT. O povo quilombola vai resistir.

Além disso, a entrega da Base de Alcântara fere a soberania nacional e nos coloca sob séria ameaça da segurança nacional, já que os EUA pretendem fazer uso militar de Alcântara para seus interesses geopolíticos. Com o novo acordo, o Brasil poderá ser alvo de conflitos militares internacionais.

Todo apoio ao povo de Alcântara!

#AlcantaraÉQuilombola
#NenhumQuilomboaMenos
#PeloFimdoGenocídioNegro
#ConaqNaLuta
#CoalizaoNegraPorDireitos

Clique abaixo e acesse a íntegra da nota técnica que a Conaq elaborou esclarecendo o impacto que o acordo terá sobre as comunidades quilombolas.

*MATÉRIA RETIRADA DO SITE COALIZÃO NEGRA POR DIREITOS

+ sobre o tema

Anderson Silva faz planos para 2013: ‘Eu quero atuar’

Vários famosos deram uma entrevista para a revista Rolling...

Ações brasileiras contra discriminação em destaque na França

Luiza Duarte Militantes, pesquisadores, representantes de organizações não governamentais...

Universidade Lusíada de Angola e Fundação Nelson Mandela rubricam acordos

Luanda – A Universidade Lusiada de Angola (ULA)...

para lembrar

Literatura negra brasileira tem fortes relações com as Ciências Sociais

Agência FAPESP – O surgimento de escritores e ativistas...

Como o Parlamento de Ruanda se tornou o mais feminino do mundo

Qual o paí­s com maior número de mulheres no...

Juliana Diniz sai de casa por causa de Ronaldinho Gaúcho

Quando o assunto é Ronaldinho Gaúcho, Juliana Diniz se...
spot_imgspot_img

Flávia Souza, titular do Fórum de Mulheres do Hip Hop, estreia na direção de espetáculo infantil antirracista 

Após mais de vinte anos de carreira, com diversos prêmios e monções no teatro, dança e música, a multiartista e ativista cultural, Flávia Souza estreia na...

Violência contra territórios negros é tema de seminário com movimentos sociais em Salvador

Diante da escalada de violência que atinge comunidades negras e empobrecidas da capital e no interior da Bahia, movimentos sociais, entidades e territórios populares...

Tony Tornado relembra a genialidade (e o gênio difícil) do amigo Tim Maia, homenageado pelo Prêmio da Música Brasileira

Na ausência do homenageado Tim Maia (1942-1998), ninguém melhor para representá-lo na festa do Prêmio da Música Brasileira — cuja edição 2024 acontece nesta quarta-feira (12),...
-+=