Vídeo mostra ataque machista de vereador contra Isa Penna na Câmara de SP

O ataque machista, inesperado, foi desferido pelo Vereador Camilo Cristófaro (PSB) nessa quinta-feira (16) dentro do elevador e seguiu do lado de fora. As imagens da câmera de segurança liberadas na sexta-feira (17) mostram a agressividade da ofensa verbal.

Da Midia Ninja 

Imagens da câmera de segurança mostram agressividade do Vereador do PSB contra Isa Penna. Imagens: Divulgação Câmara dos Vereadores de São Paulo

“Vagabunda! (..) não se surpreenda se tomar uns tapas na rua”. A frase, comum à muitas ruelas da cidade de São Paulo, se passou no local em que as leis são ditadas e a população é representada: a Câmara Legislativa do Município de São Paulo.

“Ele me agrediu verbalmente e fisicamente”, acusa Penna, em vídeo veiculado nas suas redes sociais, e que deve render um processo sobre o vereador, que pode lhe custar até mesmo o cargo.

O acusado se sente confortável, e não procurou se explicar. “Quem te falou foi ela [Isa Penna]. Você vem com essa conversa de PSOL. Não vem com essa conversa pra cima de mim (…). Põe ai o que vocês quiserem”, afirmou o vereador a um jornal diário.

+ sobre o tema

Fim do feminicídio está associado a mudança cultural, dizem participantes de audiência

Mudanças socioculturais são necessárias para acabar com a violência...

Vitória em Goiás, derrota em São Paulo: “resoluções” de casos de estupro

Universidade Federal de Goiás demite professor acusado de estupro,...

Violência de gênero é tema de debate gratuito no Campo Limpo, em São Paulo

No dia 11 de setembro, terça-feira, o Usina de Valores e...

Lugar mais perigoso para mulheres é a própria casa, diz ONU

Segundo o relatório, assassinatos cometidos por parceiros ou familiares...

para lembrar

Nudez e pedofilia: onde está o real problema?

Incentivamos uma relação com a sexualidade desigual e potencialmente...

Quem são as vítimas “invisíveis” dos estupros no Brasil?

Estimativa é que apenas 10% de quem sofre com...

Médica alerta para estupro de meninas silenciado por familiares

Especialista do Ministério da Saúde alerta que falta integração...

Mutilação genital afeta 200 milhões de mulheres no mundo, diz ONU

Prática é considerada violação flagrante aos direitos humanos Do O...
spot_imgspot_img

Coisa de mulherzinha

Uma sensação crescente de indignação sobre o significado de ser mulher num país como o nosso tomou conta de mim ao longo de março. No chamado "mês...

A Justiça tem nome de mulher?

Dez anos. Uma década. Esse foi o tempo que Ana Paula Oliveira esperou para testemunhar o julgamento sobre o assassinato de seu filho, o jovem Johnatha...

Dois terços das mulheres assassinadas com armas de fogo são negras

São negras 68,3% das mulheres assassinadas com armas de fogo no Brasil, segundo a pesquisa O Papel da Arma de Fogo na Violência Contra...
-+=