Viola Davis e Kerry Washington fundam produtoras independentes nos EUA

As atrizes Viola Davis e Kerry Washington fundaram produtoras independentes no EUA

no Todos Negros do Mundo

Viola Davis causou grande impacto ao declarar no palco do último Emmy: “A única coisa que separa as mulheres de cor de qualquer outra pessoa é a oportunidade. Você não pode ganhar um Emmy por papéis que são simplesmente não existem “.

Talvez, motivada por sua convicções e pela realidade da falta de bons papéis para mulheres negras, Viola segue os passos de outra poderosa do showbiz americano, Queen Latifah, que no final do ano passado comunicou que também estava lançando uma produtora independente.

Parece que Viola não quer esperar para que outras gerações tenham melhor sorte, está fazendo a diferença agora. Por isso, a estrela de  “How To Get Away with Murder “,  em parceria com o marido, Julius Tennon, e com a ABC, grande conglomerado de TV nos EUA, está lançando a JuVee Productions para criar projetos para plataformas digitais, streaming , transmissão e conteúdo de cabo. 

viola e washington

Viola Davis e o marido Julius Tennon

“Começamos JuVee Productions porque queríamos ver nas telas narrativas que refletem nossa cultura multi- étnica e de múltiplas possibilidades . Queríamos ser uma parte da narrativa clássica, e nós não queremos esperar.”

Mas, Viola Davis e Queen Latifah não estão sozinhas nessas ousadas empreitadas. Outra que está lançando uma nova produtora independente é a estrela da série “Scandal”, Kerry Washington. Kerry tamhém anunciou o lançamento da sua produtora, a Simpson Street, e já assinou um contrato para criar projetos para a ABC Studios e ABC Cabo.
Kerry Washington

” Eu acredito fortemente na importância de ter um lugar na mesa, o que torna a criação desta empresa de produção emocionante para mim. É uma honra estar em um ponto na minha carreira, em que posso ajudar a criar projetos que que são excitantes, necessários e refletem, verdadeiramente, o mundo em torno de nós . “

 

Com tantas mulheres inteligentes, negras e talentosas a frente de projetos grandes e ousados, só podemos esperar que em breve tenhamos ótimas novidades autorais e com o devido olhar e sensibilidade.

Aguardemos!!

+ sobre o tema

Valéria Almeida – Celebrando a vida

É com orgulho que faço minha estreia neste...

Aos 68 anos, morre Galdino Clemente, militante na criação da lei de cotas em Limeira

Faleceu na manhã desta segunda-feira (27), aos 68 anos,...

Alerj aprova projeto para tornar passistas Patrimônio Cultural Imaterial do Rio

A Assembleia Legislativa do Rio aprovou, nesta terça-feira, o...

II Festival de Filmes Africanos leva produções de jovens cineastas à UFRN

O Núcleo de Antropologia Visual da UFRN promove, do...

para lembrar

Flagrantes do Porto

Aos 56 anos o médico e reverendo irlandês Robert...

Beyoncé homenageia as mulheres negras com “Lemonade”, um “álbum-filme”

A estrela americana do pop Beyoncé lançou no fim...

A Atuação dos Juristas na Libertação da Escravatura

por Vanessa Carvalho dos Santos “Em nós, até a cor...

Arlindo Cruz é confirmado como enredo do Império Serrano em 2023

O Império Serrano anunciou neste sábado (18) que o sambista Arlindo Cruz será...
spot_imgspot_img

Segundo documentário sobre Luiz Melodia disseca com precisão o coração indomado, rebelde e livre do artista

Resenha de documentário musical da 16ª edição do festival In-Edit Brasil Título: Luiz Melodia – No coração do Brasil Direção: Alessandra Dorgan Roteiro: Alessandra Dorgan, Patricia Palumbo e Joaquim Castro (com colaboração de Raul Perez) a partir...

Tony Tornado relembra a genialidade (e o gênio difícil) do amigo Tim Maia, homenageado pelo Prêmio da Música Brasileira

Na ausência do homenageado Tim Maia (1942-1998), ninguém melhor para representá-lo na festa do Prêmio da Música Brasileira — cuja edição 2024 acontece nesta quarta-feira (12),...

Violência contra territórios negros é tema de seminário com movimentos sociais em Salvador

Diante da escalada de violência que atinge comunidades negras e empobrecidas da capital e no interior da Bahia, movimentos sociais, entidades e territórios populares...
-+=