Violência contra moradores de rua deixa saldo de um assassinato a cada dois dias

De fevereiro de 2011 a maio de 2012, 195 casos de homicídios foram registrados

Por: Vivian Fernandes,

A cada dois dias, um morador em situação de rua é assassinado no Brasil. De fevereiro de 2011 a maio de 2012, foram registrados 195 casos de homicídios contra moradores de rua em todo o país. Os dados são do Centro Nacional de Defesa dos Direitos Humanos da População em Situação de Rua e Catadores (CNDDH).

Os números podem ser ainda maiores, pois as notificações de crimes contra os moradores de rua e o levantamento dessa informação são falhos.

O coordenador do Movimento Nacional da População de Rua (MNPR), Samuel Rodrigues, explica o que gera esse quadro de violência. “Como o número de pessoas vivendo nas ruas têm crescido por omissão do Estado e por ausência de políticas públicas voltadas para a população em geral, há uma repressão, uma higienização que vem calcada em uma discriminação muito grande por parte da sociedade”, afirma.

Rodrigues acredita que a realização da Copa do Mundo e das Olimpíadas no país tende a agravar a política de limpeza social dos centros urbanos. Ele também comenta as formas de violação de direitos a que essa população é submetida cotidianamente. “O simples fato de estar na rua já é uma violência, uma violação de direitos. Por exemplo, nós somos proibidos de entrar em espaços públicos, nós temos dificuldades de acessar os serviços básicos, como saúde – por conta da [falta de] documentação – e a própria educação. Enfim, há uma discriminação social muito forte, como se nós fossemos os culpados por estar nessa situação”, alega.

Em 2009, entrou em vigor a Política Nacional para População em Situação de Rua, com o objetivo de garantir o acesso à saúde, educação, trabalho, moradia, entre outros direitos. O MNPR, no entanto, alega que sua implantação ainda não ocorreu de fato.

 

Fonte: Correio do Brasil

+ sobre o tema

Governar em função do crime é perigo para a democracia

por Marcelo Semer Na semana que passou o...

A capa da VEJA com Taís Araújo e Lázaro Ramos irritou muitos leitores da revista

Edição destaca sucesso do casal que venceu "barreira racial". Do HuffPost...

Promotoria denuncia 4 por crime de racismo contra Maju

O Ministério Público de São Paulo denunciou nesta terça-feira,...

para lembrar

Rogineiri Reis: Ser negro no Brasil

As cenas de racismo no Brasil são recorrentes, graças...

Culturas negras ameaçadas

Ataques ao Centro “Mãe Sylvia de Oxalá” expõe a...

Em vez de falar, Lula precisa agir em sintonia com a África

Na volta ao Brasil, após participar do encontro entre...

Ministra Anielle Franco concede coletiva em Salvador

A ministra da Igualdade Racial, Anielle Franco, e a...
spot_imgspot_img

Prisão de torcedores deveria servir de exemplo para o futebol brasileiro

A condenação de três torcedores racistas na Espanha demonstra que, apesar da demora, estamos avançando em termos de uma sociedade que quer viver livre...

Futuro da gestão escolar

A educação pública precisa de muitos parceiros para funcionar. É dever do Estado e da família, com colaboração da sociedade, promover a educação de todas as...

Educação para além dos muros da escola

Você pode fornecer escolas de qualidade para os mais pobres e, mesmo assim, talvez não veja a mudança na realidade do país que se...
-+=