segunda-feira, setembro 20, 2021
InícioÁreas de AtuaçãoEducaçãoAs novas políticas de inclusão escolar e as famílias

As novas políticas de inclusão escolar e as famílias

O caso dos beneficiários do Prouni na região Metropolitana de São Paulo

por Márcia Lima enviado para o Portal Geledés

Nas últimas decadas o Brasil passou por profundas transformações que tem contribuido para uma redefinição de seu cenário social.

Dentre elas des­tacam-se a redução do número de pessoas em situação de pobreza e a diminuição das desigualdades sociais. Isso foi possivel graças a mudanças estru­turais de carater demográfico, mas também devido a importantes transformações no âmbito da economia e do mercado de trabalho que propiciaram a retomada do crescimento econômico, a redução das taxas de desemprego, o aumento da formalização dos empregos, bem como a valorização do salário mínimo.

Essas mudanças tem efeitos importantes no campo educacional, uma vez que geram efeitos positivos nas condições socioeconômicas das famllias, aumentando seus recursos para investimento educacional e diminuindo a participayao de crianças e adolescentes no mercado de trabalho – problema marcante na decada de 1990 -ao mesmo tempo em que possibilitam aos adultos que ja estilo no mercado de trabalho o retorno aos estudos, uma vez que, dentre os mais pobres, trabalhar e uma condição essencial para estudar.

Neste cenário inclui-se tambem a cria,ao de políticas de ampliação de aces­so ao Ensino Superior brasileiro com destaque para as Politicas de Ações Afirmativas, definidas, segundo Barbosa (2005: 9), como “um conjunto de políticas de caráter público ou privado que visam atender a grupos específicos com o intuito de corrigir desvantagens em termos sociais, políticas e econômicas oriundas de processos históricos de discriminarao”.

[symple_button url=”http://www.geledes.org.br/wp-content/uploads/2016/02/As-novas-políticas-de-inclusão-escolar-e-as-famílias.pdf” color=”orange” button_target=”_blank”]Leia o PDF – As novas políticas de inclusão escolar e as famílias[/symple_button]

Leia também: Trabalho doméstico no Brasil: afetos desiguais e as interfaces de classe, raça e gênero 

Márcia Lima: Professora do Departamento de Sociologia da USP e pesquisadora do Centro de Estudos da Metrópole do Centro Brasileiro de Análise e Planejamento (CEM-CEBRAP).

** Este artigo é de autoria de colaboradores ou articulistas do PORTAL GELEDÉS e não representa ideias ou opiniões do veículo. Portal Geledés oferece espaço para vozes diversas da esfera pública, garantindo assim a pluralidade do debate na sociedade.

RELATED ARTICLES