Adolescente com arma de brinquedo foi baleado pelas costas por policiais

Um adolescente foi baleado pelas costas por policiais na noite de quinta-feira em Santos, no litoral paulista. Houve protestos. Os moradores incendiaram pneus e bloquearam uma rua. Segundo eles, o jovem tinha nas mãos uma pistola de brinquedo e a polícia atirou contra ele. Os policiais disseram que o adolescente sacou a arma ao ser abordado e que reagiram porque não sabiam que a pistola era de brinquedo.

A tropa de choque usou bombas de efeito moral e balas de borracha para dispersar os manifestantes. O jovem, em estado grave, foi levado para o hospital pelos próprios policiais.

Fonte: Globo

+ sobre o tema

Cliente agredido em mercado em SP deve passar por cirurgia nesta semana

O vigilante Januário Alves de Santana, 39 --que acusa...

Polícia indicia aluna da UFSM por publicações racistas em rede social

Uma estudante de 21 anos da Universidade Federal de Santa...

Para sempre?

A revista "Veja" comemora esta semana, com muitas páginas...

Contra preconceito, jovens de Cascavel apagam pichações xenofóbicas da cidade

Contra preconceito, jovens de Cascavel apagam pichações xenofóbicas da...

para lembrar

Presidenta da UNE, Bruna Brelaz sofre ataques racistas e misóginos

Presidenta da União Nacional dos Estudantes (UNE), Bruna Brelaz foi vítima de ataques...

Menina sofre racismo em escola do AC e não quer mais ir à aula, diz tia

Tia diz que escola não deu atenção ao caso...

Panelaço Nonno Paolo – Manifestação, em São Paulo, pede fim do racismo no país

Enquanto algumas pessoas almoçavam no Restaurante Nono Paolo, na...
spot_imgspot_img

Universidade, excelência e compromisso social

Em artigo publicado pelo jornal O Estado de S. Paulo, no dia 15 de junho, o professor de literatura geral e comparada da Unicamp, Marcos...

Mobilizações apontam caminho para enfrentar extremismo

As grandes mobilizações que tomaram as ruas das principais capitais do país e obrigaram ao recuo dos parlamentares que pretendiam permitir a condenação de...

Uma pessoa negra foi morta a cada 12 minutos ao longo de 11 anos no Brasil

Uma pessoa negra foi vítima de homicídio a cada 12 minutos no Brasil, do início de janeiro de 2012 até o fim de 2022....
-+=