Alemães não podem virar as costas a passado nazista, diz Merkel

A Alemanha não pode simplesmente traçar uma linha sobre seu passado nazista e deve permanecer sensível aos danos causados ​​a outros países, incluindo a Grécia, afirmou a chanceler Angela Merkel neste sábado, antes do 70º aniversário do fim da Segunda Guerra Mundial.

Do Brasil Post 

Falando em seu podcast semanal, Merkel disse que estava ansiosa para um memorial em 10 de maio em Moscou com o presidente russo, Vladimir Putin. Ela e outros líderes disseram que não vão participar do tradicional desfile militar da Rússia de 9 de maio em meio a tensões com Moscou sobre a anexação da Crimeia e combates na Ucrânia.

Na capital alemã, o 70º aniversário do fim da Batalha de Berlim, o embate final da guerra, foi marcado por tributos neste sábado. A guerra terminou em 8 de maio de 1945.

“Não há nenhum desenho de linha sobre a história”, disse Merkel.

“Podemos ver isso no debate na Grécia e em outros países europeus. Nós, alemães, temos uma responsabilidade especial de estarmos alertas, sensíveis e conscientes do que fizemos durante a era nazista e dos danos duradouros causados ​​a outros países.”

Também neste sábado, o presidente Joachim Gauck, que tem pouco poder real, reacendeu o debate sobre as reparações, dizendo que a Alemanha deve considerar as demandas da Grécia por 279 bilhões de euros (312 bilhões de dólares) em indenizações pela ocupação nazista.

As solicitações da Grécia não foram consideradas por Berlim, embora especialistas jurídicos tenham apontado a existência de um caso. O governo de Merkel diz que pagou suas obrigações para com a Grécia, incluindo um pagamento de 115 milhões de marcos alemães em 1960.

 

Leia Também:

Brasileiro manda carta de apoio a nazistas e eles respondem “não aceitamos latinos”

+ sobre o tema

Detenção de Mano Brown exemplifica a mensagem de Cores e Valores

Pedro Paulo Soares Pereira, 44 anos, também conhecido como...

Oscar em tempos de racismo – Por: Carlos Eduardo Lourenço Jorge

Consagrado pela Academia de Hollywood como melhor filme, 12...

Um quinto dos americanos acha que Obama é muçulmano, diz pesquisa

Obama frequenta a igreja e já reiterou publicamente sua...

Manifesto pede a Lula indicação inédita de ministra negra para o STF

Entidades jurídicas lançam nesta quarta-feira (8) um manifesto pela indicação...

para lembrar

População alemã se engaja em movimentos contra o racismo no país

Ações são contra o preconceito contra muçulmanos e imigrantes...

O grito doentio da intelectualidade corrompida

O filósofo da USP Paulo Eduardo Arantes, atualmente aposentado,...

O nazismo no governo Bolsonaro e a escalada do racismo no Brasil

Teoricamente há uma distinção entre as ideologias de “supremacia...

Quer estudar na Alemanha? Agora é de graça

São Paulo - A Alemanha aboliu completamente as mensalidades...

Um guia para entender o Holocausto e por que ele é lembrado em 27 de janeiro

O Holocausto foi um período da história na época da Segunda Guerra Mundial (1939-1945), quando milhões de judeus foram assassinados por serem quem eram. Os assassinatos foram...

Operação liderada por SC identifica extremistas com referências ao neonazismo em investigados por discurso de ódio na internet

A Polícia Civil de Santa Catarina concluiu na segunda segunda-feira (23) a fase de análise preliminar dos materiais apreendidos na Operação Trend, deflagrada em nove...

‘Fui um menino negro criado por avós supremacistas brancos que me ensinaram a saudação nazista’

Shane McCrae é um consagrado poeta norte-americano. Ele foi premiado diversas vezes, publicou uma dezena de livros e é professor de redação criativa da...
-+=