Cam Newton usa camiseta com frase de Martin Luther King antes de jogo

O quarterback do Carolina Panthers Cam Newton entrou na onda dos protestos de Charlotte ao usar uma camisa com uma frase do notório ativista dos direitos humanos Martin Luther King Jr., antes da partida do seu time neste sábado.

no UOL

O atual melhor jogador da NFL, a liga de futebol americano, roubou a cena no aquecimento pré-jogo com uma camiseta preta com uma frase de Martin Luther King nas costas, com os dizeres “Injustiça em qualquer lugar é uma ameaça à justiça em todo lugar.”

O posicionamento de Newton dentro de campo veio cinco dias depois que um homem negro, Keith Scott, foi baleado e morto por um policial negro em Charlotte.

As manifestações têm sido constantes há quase uma semana na cidade da Carolina do Norte, e houve presença reforçada de policiais do lado de fora do estádio dos Panthers, onde manifestantes realizavam um ato enquanto torcedores chegavam para a partida. 

Newtown, que geralmente evita polêmica na internet, falou sobre o incidente na última quinta-feira. “Eu acredito firmemente na justiça, e em fazer a coisa certa”, declarou a jornalistas.

“Não estou feliz com a maneira como se tem lidado com a justiça nos últimos anos. A brutalidade policial… é constrangedor falar sobre o assunto até. Quando você senta aqui e lista os nomes, é muito louco pensar como isso pode acontecer.”

Newton seguiu o protocolo normalmente durante a execução do hino norte-americano antes da partida dos Panthers diante do Minnesota Vikings.

O único jogador dos dois times que fez um protesto silencioso durante o hino foi o jogador do Panthers Marcus Ball, que permaneceu com seu braço direito erguido e o dedo indicado em riste.

Em outras partidas da NFL, dezenas de jogadores também fizeram protestos silenciosos durante o hino, em um movimento contínuo que não dá mostras de que vai diminuir tão cedo.

(Por Andrew Both, em Cary, Carolina do Norte)

+ sobre o tema

Comerciante cospe no rosto de copeira, xinga-a de “negra safada” e acaba preso

Por: Mara Puljiz Família diz que ele tem problemas psiquiátricos Uma...

A cor da universidade e a importância das Ações Afirmativas

Claudia Calmon * andré lázaro ** Rio de Janeiro,...

Quem é o dono da “piscina nazista”?

O professor, proprietário da piscina que virou notícia no...

ONU diz que polícia brasileira mata 5 por dia; maioria é afrodescendente

A Organização das Nações Unidas (ONU) acusa a polícia...

para lembrar

Para especialistas, Judiciário reflete e mantém perpetuação do racismo na sociedade

Discriminação racial foi tema de painel durante 24º Seminário...

Abandono

Deitado na calçada, um menino. Uma CRIANÇA. Profundamente adormecido....

Funcionária pública denuncia caso de racismo e é exonerada pela prefeitura de BH

A Prefeitura de Belo Horizonte exonerou, nessa quarta-feira (18/9),...
spot_imgspot_img

A ‘inteligência artificial’ e o racismo

Usar o que se convencionou chamar de "inteligência artificial" (pois não é inteligente) para realizar tarefas diárias é cada vez mais comum. Existem ferramentas que, em...

Funcionária de academia será indenizada por racismo: “cabelo de defunto”

Uma funcionária de uma academia em Juiz de Fora (MG), na Zona da Mata, será indenizada em R$ 15 mil por sofrer racismo. De...

Efeito Madonna no Rio

Uma mulher. Uma mulher de 65 anos. Uma artista de fama planetária que, aos 65 anos, 40 de carreira, é capaz de mobilizar para...
-+=