Cidade Maravilhosa, Cidade Militarizada

UM EFETIVO DE cerca de 85 mil — entre eles Força Nacional e Exército — está no Rio de Janeiro para assegurar o “sucesso” dos Jogos Olímpicos contra o crime e o terrorismo. Os fuzis e caveirões, com que moradores das áreas marginalizadas e reprimidas da cidade convivem há anos, agora também poderiam ser estampados nos cartões postais da Cidade Maravilhosa que habitam o imaginário mundial. Às vezes, é difícil saber se é uma grande celebração ou uma zona de guerra.

Por Thiago Dezan, do The Intercept

Este vídeo foi gravado em vários bairros do Rio de Janeiro onde os Jogos Olímpicos estão acontecendo, entre os dias 17 de julho e 4 de agosto.

Imagens: Barney Flow / Rodrigo Maia / Thiago Dezan

+ sobre o tema

Detenção de Mano Brown exemplifica a mensagem de Cores e Valores

Pedro Paulo Soares Pereira, 44 anos, também conhecido como...

A inteligência de cada um

Estudos mostram que a genética é crucial. Outros fatores...

Últimas tropas de combate dos EUA deixam o Iraque

Segundo redes americanas, tropas deixam o país em direção...

para lembrar

Índios proibidos de comer na escola

Vários casos de racismo e intolerância envolvendo alunos...

Proposta que criminaliza funk lembra investidas contra o samba no século 19

Cantora Anitta criticou projeto: ‘Desinformados’ Senador Romário (PSB) será...

Leia íntegra traduzida da carta de Barack Obama a Lula sobre acordo com o Irã

  O acordo nuclear entre o Brasil, a Turquia e...

Encontrei Jesus Salvador, numa esquina de Maceió, ao lado de João Batista,seu irmão

O menino, com um limpador de pára-brisa, avançou rapidamente...
spot_imgspot_img

Ministério da Igualdade Racial lidera ações do governo brasileiro no Fórum Permanente de Afrodescendentes da ONU

Ministra da Igualdade Racial, Anielle Franco, está na 3a sessão do Fórum Permanente de Afrodescendentes da ONU em Genebra, na Suíça, com três principais missões: avançar nos debates...

Conselho de direitos humanos aciona ONU por aumento de movimentos neonazistas no Brasil

O Conselho Nacional de Direitos Humanos (CNDH), órgão vinculado ao Ministério dos Direitos Humanos e da Cidadania, acionou a ONU (Organização das Nações Unidas) para fazer um alerta...

Ministério lança edital para fortalecer casas de acolhimento LGBTQIA+

Edital lançado dia 18 de março pretende fortalecer as casas de acolhimento para pessoas LGBTQIA+ da sociedade civil. O processo seletivo, que segue até...
-+=