Cidinha da Silva fala sobre blogs, prosas e narrativas das transformações sociais, no ‘diversidade em ciência’ (RÁDIO USP)

[A entrevista vai ao ar na segunda-feira, dia 16 de outubro, às 13 horas com reapresentações na terça-feira, dia 17, às 2 horas da manhã e no sábado, dia 21, às 14 horas, na Rádio USP-FM]

Por Ricardo Alexino Ferreira enviado para o Portal Geledés 

 
No ‘Diversidade em Ciência’ desta semana, Ricardo Alexino Ferreira entrevista a blogueira e prosadora Cidinha da Silva, que irá falar sobre narrativas das transformações sociais, principalmente focadas nas questões das populações negras.
 
Cidinha da Silva é doutoranda no Doutorado Multi-Institucional e Muldisciplinar em Difusão do Conhecimento, na Universidade Federal da Bahia (UFBA) e autora dos livros “Parem de nos matar” (Editora Ijumaa); “Racismo no Brasil e Afetos Correlatos” (Conversê Edições); “Oh, margem! Reinventa os rios!” (Editora Selo Povo); “O mar de Manu” (Editora Kuanza); “Kuami” (Editora Nandyala); “Os nove pentes d’África” (Mazza Edições); “Cada tridente em seu lugar e outras crônicas” (Mazza Edições), dentre outros.
 
O ‘Diversidade em Ciência’ é um programa de divulgação científica, voltado para as ciências das diversidades e direitos humanos e vai ao ar toda segunda-feira, às 13 horas, com reapresentações às terças-feiras, às duas horas da manhã e aos sábados, às 14 horas, com direção e apresentação do jornalista e professor da USP Ricardo Alexino Ferreira e edição de áudio de João Carlos Megale.
 
O ‘Diversidade em Ciência’ é gravado nos estúdios do Departamento de Comunicações e Artes/Educomunicação, da Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (ECA-USP).
 
A Rádio USP-FM pode ser sintonizada em 93,7 MHz/SP ou pelo link http://www.radio.usp.br/?page_id=5404
 

+ sobre o tema

Devassa: Caso deu no “New York Times”

A decisão do Conar em suspender peças da campanha...

Por favor, sem medo de me ofender, me chame de negra. Eu amo.

Ilda Lando por Laine Alcântara (Foto: Divulgação/ Laine Alcântara) Angolana...

A namorada negra de alguém

Aos seis anos de idade ela não servia para...

para lembrar

Com avanço do conservadorismo, ativistas veem retrocessos para a população LGBT

Na véspera da Parada LGBT, em São Paulo, CUT...

Adolescente lança campanha contra cyberbullying após ser vítima de estupro

A história da adolescente Jada, americana de 16 anos,...

Associação defende que mulheres trans possam cumprir pena em presídios femininos

STF já autorizou transferências em casos isolados; especialista pondera...

Aluno da UFRJ é encontrado morto dentro do campus do Fundão, Rio

Crime de ódio teria causado morte do estudante, segundo...
spot_imgspot_img

TSE realiza primeira sessão na história com duas ministras negras

O TSE realizou nesta quinta (9) a primeira sessão de sua história com participação de duas ministras negras e a quarta com mais ministras...

Em reunião com a ministra das Mulheres, movimentos denunciam casos de estupros e violência em abrigos para atingidos pelas enchentes no RS

Movimentos feministas participaram de uma reunião emergencial com a ministra da Mulher, Cida Gonçalves, no final da tarde desta terça-feira (7), de forma online....

Documentário sobre Ruth de Souza reverencia todas as mulheres pretas

Num dia 8 feito hoje, Ruth de Souza estreava no Theatro Municipal do Rio de Janeiro. O ano era 1945. Num dia 12, feito...
-+=