Coalizão Negra Por Direitos convoca “13 de maio de lutas” em manifestações em todo o Brasil pelo fim do racismo, do genocídio negro, das chacinas e pela construção de mecanismos de controle social da atividade policial

Neste 13 de maio, Dia Nacional de Denúncia Contra o Racismo, a Coalizão Negra Por Direitos convoca manifestações em todo o país para exigir justiça para as vítimas do massacre na Favela do Jacarezinho, no Rio de Janeiro, e de todas as operações policiais que resultaram nas mortes nas favelas e comunidades do Brasil.

“NEM BALA, NEM FOME, NEM COVID. O POVO NEGRO QUER VIVER!”. A reivindicação por Auxílio Emergencial de R$ 600 até o fim da pandemia, o direito da população negra à vacina contra o coronavírus pelo SUS e o Fora Bolsonaro compõem as reivindicações que estão descritas em manifesto divulgado pelo movimento:

LEIA AQUI O MANIFESTO DA COALIZÃO NEGRA SOBRE JACARÉZINHO-RJ E PELO FIM DO GENOCÍDIO DO POVO NEGRO

Os atos do “13 de maio de lutas” são realizados por organizações que compõem a Coalizão Negra Por Direitos e entidades parceiras. Devem ocorrer manifestações em todos os estados, mais Distrito Federal. As ações levarão às ruas pautas do movimento negro contra a violência do Estado e o genocídio negro. As organizações dos protestos orientam quem for participar para comparecer de máscaras, higienizar as mãos com álcool gel constantemente e manter, o quanto possível, o distanciamento social seguro.

Nas redes sociais, fortaleça, utilizando as hashtags:

#ChacinadoJacarezinho
#CoalizãoNegraPorDireitos
#ForaBolsonaroGenocida
#13DeMaioNasRuas

Confira a programação dos atos pelo país*:

º Rio de Janeiro – Candelária, Centro
Concentração: 17h

º Acre – Esquina da Alegria, Rio Branco
Concentração: 7h

º Rio de Janeiro – Portal de Entrada da Cidade – Inoã, Maricá –
Concentração: 7:30h

º Ceará – Estátua de Iracema, Fortaleza
Concentração: 10h

º São Paulo – Rodoviária de Atibaia, Atibaia
Concentração: 10h

º Bahia – Praça da Piedade, Salvador
Concentração: 11h

º Santos (SP) – Praça José Bonifácio
Concentração: 12h

º Goiás – Av. Anhanguera, 7364, Setor Aeroviário, em frente à Secretaria da Segurança Pública de Goiânia
Concentração: 13h

º Paraná – Londrina – Em Frente a GAECO
Concentração: 13h

º Piauí – Praça da Liberdade, Teresina
Concentração: 15h

º Alagoas – Praça Marechal Deodoro, Centro, Maceió
Concentração: 15h

º Rio de Janeiro – Praça Veríssimo de Melo, Macaé
Concentração: 15h

º Rio de Janeiro – Av. Ernani do Amaral Peixoto, 577, Niterói – Em frente ao Fórum de Justiça e 76º Delegacia de Polícia
Concentração: 15h

º Paraíba – Lagoa, João Pessoa
Concentração: 15h

º Pará – Altamira – Ato Virtual às 15h
Transmissão: Coletivo de Mulheres Negras “Maria Maria” Comunema

º Amazonas – Praça da Polícia, Centro, Manaus
Concentração: 16h (17h no horário de Brasília)

º Amapá – Fortaleza de São José de Macapá, Macapá
Concentração: 16h

º Rio Grande do Norte – Shopping Midway Mall, Natal
Concentração:16h

º São Paulo – Av. Paulista – Vão livre do MASP
Concentração: 17h

º São Paulo – Praça Dom Pedro II, Bauru – Em Frente à Câmara Municipal
Concentração: 17h

º São Paulo – Praça do Pimenta de Cheiro – Ilha Bela
Concentração: 17h

º São Paulo – Pátio dos Trilhos – Jacareí
Concentração: 17h

º Minas Gerais – Praça Afonso Arinos – Belo Horizonte
Concentração: 17h

º Rio Grande do Sul – Esquina Democrática, Porto Alegre
Concentração:17h

º Espírito Santo – Praça Costa Pereira – Centro, Vitória
Concentração: 17h

º Maranhão – Praça Dom Pedro II, em frente ao Tribunal de Justiça, São Luís
Concentração: 17h

º Rio de Janeiro – Praça Dom Pedro, Petrópoles
Concentração: 17h

º Rio de Janeiro – Praça do Porto, Angra dos Reis
Concentração: 17h

º Pernambuco – Praça do Derby, Recife
Concentração: 17h

º Sergipe – Rua Abolição, Aracaju
Concentração: 17h

º Distrito Federal – Praça dos Três Poderes, em frente ao STF, Brasília
Concentração: 17h

º Paraná – Calçadão, Escadaria da Pernambucanas, Londrina
Concentração: 17h

º Pará – Santarém – Praça da Matriz
Concentração: 17h

º Pará – Praça da República, Belém
Concentração: 18h

º Mato Grosso – Praça da Mandioca, Cuiabá
Concentração: 18h

º Paraná – Praça Santos Andrade, Curitiba
Concentração: 18h

º São Paulo – Largo do Rosário, Campinas
Concentração: 18h

º Paraná – Ponta Grossa – Praça dos Polacos
Concentração: 18h

º Paraná – Curitiba – Praça Santo André
Concentração: 18h

Atos internacionais:

º USA – Union Square, New York
Concentração: 11h30 am

º USA – Austin/Texas – Capitol
Concentração: 7h30 pm

º London – Brazilian Embassy
Concentração: 15th May at 12h am

*Programação sujeita a atualização e alterações.

+ sobre o tema

Não basta não ser racista, é preciso ser antirracista

O lançamento do Índice Folha de Equilíbrio Racial (Ifer) me...

Jovem desaparece após ser levado por supostos policias em SP

A família de Tiago do Amaral Silva  garoto estava do...

A execução de adolescentes no Rio e o vídeo do Unicef que ninguém viu

Por Alceu Luís Castilho Do Outras Palavras O que separa o...

O dia em que decidiram não se calar sobre violência policial

A jornalista paulistana Laura Capriglione, de 56 anos, não...

para lembrar

Torcedores são presos por racismo e homofobia em Brighton x Chelsea

Os três detidos durante empate em 1 a 1,...

UFSM aprova novo código de conduta após casos de estupro e racismo

Após ser adiada outras vezes, votação ocorreu nesta manhã...

Brydan Klein pede desculpa por insultos racistas

Brydan Klein pede desculpa por insultos racistas. Fonte: Jornal Record...

Mulher e racismo, tema de 21 dias de evento em Mogi

A partir desta segunda-feira (5), terá início na Cidade...
spot_imgspot_img

Uma pessoa negra foi morta a cada 12 minutos ao longo de 11 anos no Brasil

Uma pessoa negra foi vítima de homicídio a cada 12 minutos no Brasil, do início de janeiro de 2012 até o fim de 2022....

Como as mexicanas descriminalizaram o aborto

Em junho de 2004, María, uma jovem surda-muda de 19 anos, foi estuprada pelo tio em Oaxaca, no México, e engravidou. Ela decidiu interromper...

Como o diabo gosta

Um retrocesso civilizatório, uma violência contra as mulheres e uma demonstração explícita do perigo que é misturar política com fundamentalismo religioso. O projeto de lei...
-+=