Copa na ÁFrica: Encontro de heróis africanos

O ex-presidente da África do Sul Nelson Mandela recebeu a seleção de Gana na sua casa, em Johanesburgo, no dia seguinte à dramática derrota para o Uruguai nas quartas de final da Copa do Mundo da FIFA 2010.

O encontro foi precedido por outro, com Winnie Madikizela-Mandela e outros membros da família na residência de Soweto. Moradores locais saudaram os jogadores com aplausos e vivas quando o elenco desceu do ônibus, que trazia estampado na sua lateral o slogan “A Esperança da África”.

Mandela tinha enviado uma carta na última sexta-feira desejando sucesso aos ganeses no duelo contra o Uruguai. Antes disso, o selecionado africano já havia expressado a intenção de visitar a família para transmitir pêsames após o trágico falecimento da neta de Madiba, Zenani, no último dia 11 de julho.

A Fundação Nelson Mandela felicitou a seleção de Gana após o encontro. “Eles representaram bem o continente”, disse a organização. “Podem voltar para casa de cabeça erguida.”

Embora tenham sofrido a dor da eliminação nos pênaltis, os ganeses terminaram entre os oito melhores do mundo e, de quebra, conquistaram o coração do povo africano no primeiro Mundial realizado no continente.

Fonte: Fifa.com

+ sobre o tema

Contra pirataria, Brasil expande ação naval na África

Para proteger riquezas marítimas como as reservas do...

O NORDESTE TEM SOLUÇÃO.

É uma relação comum do homem nordestino com a...

Família recebe 200 sem-teto em banquete após cancelamento do casamento da filha

O cancelamento de um casamento, normalmente, causa raiva e...

Centro Cultural Cartola estreia roda de samba de terreiro

Na próxima segunda-feira, 26 de maio, o Centro Cultural...

para lembrar

Wilson das Neves e músicos cubanos e africanos na TV Brasil

Ai, gente, eu adoro a programação da TV...

Cuba: Desidratado, grevista recusa internação

Médicos do governo cubano examinaram ontem o dissidente Guillermo...

Elisa Lucinda: Aviso da Lua que menstrua

Moço, cuidado com ela! Há que se ter cautela com...

Idioma africano vira patrimônio imaterial do estado

Cursos gratuitos do Iorubá são oferecidos em universidades e...
spot_imgspot_img

Mostra sobre Lélia Gonzalez vê negros e indígenas como centro da cultura nacional

As escolas de samba do Rio, os blocos afro da Bahia, as congadas de Minas Gerais, as comemorações da Semana Santa e do Natal. O que todas essas celebrações têm...

Aos 105, Ogã mais velho do Brasil, que ajudou a fundar 50 terreiros só no Rio, ganha filme e exposição sobre sua vida

Luiz Angelo da Silva é vascaíno e salgueirense. No mês passado, ele esteve pela primeira vez no estádio de São Januário, em São Cristóvão,...
-+=