Copa na África:Africanos flertam com a tragédia e podem ficar sem vaga nas oitavas pela 1ª vez desde 1986

 

Esta é a primeira Copa na África, mas as seleções da casa ainda não convenceram. Os seis representantes – África do Sul, Camarões, Gana, Costa do Marfim, Nigéria e Argélia – já disputaram 11 partidas, mas só venceram uma. O treinador da Costa do Marfim, o sueco Sven-Goran Eriksson, já disse que um empate contra o Brasil, domingo, às 15h30 (horário de Brasília), não é um “mau resultado”. Este será o último compromisso africano na segunda rodada do Mundial. Neste ritmo, a África corre o risco de ficar sem representantes na segunda fase pela primeira vez desde a Copa de 1986, no México.

Camarões perdeu para Dinamarca de virada, no sábado, tornando-se a primeira seleção matematicamente eliminada da Copa. O resultado deve ter sido especialmente decepcionante para o atacante e estrela Samuel Eto’o, que antes do início do Mundial chegou a dizer que o “mundo deveria se preparar para receber um campeão mundial africano”. Camarões já está fora da lista.

A África do Sul, anfitriã da Copa, alegrou seus torcedores ao marcar o primeiro gol do torneio, mas demonstrou sua imaturidade defensiva ao ceder o empate diante do México e ser massacrada pelo Uruguai por 3 a 0. O treinador Carlos Alberto Parreira ainda sonha, mas para alcançar a vaga nas oitavas os Bafana Bafana precisam golear a França na última rodada e torcer para que México e Uruguai não empatem.

Nigéria mostrou alguma categoria, mas sofre com a ingenuidade de seus jogadores. o meia Sani Kaita recebeu um cartão vermelho por ter acertado um chute fora de campo no grego Vassilis Torosidis. Com um a menos, a Nigéria não resistiu perdeu para a Grécia por 2 a 1. Soma-se a este resultado a derrota para a Argentina na primeira rodada. Para conseguir a vaga, nigerianos terão que passar pela Coreia do Sul e esperar que a favorita Argentina faça sua parte e supere a Grécia.

A Argélia, que perdeu para a Eslovênia e empatou com a Inglaterra, deve vencer os Estados Unidos e torcer para os ingleses derrotarem os eslovenos. Gana, dona da única vitória africana da Copa ( 1 a 0 sobre a Sérvia), lidera o Grupo D, mas ainda assim não inspira muita confiança. Na partida contra a Austrália, os ganeses passaram boa parte do tempo com um jogador a mais, mas não foram capazes de alcançar o triunfo. Lutam por um empate na última rodada, mas terão como adversários a poderosa Alemanha, um país desesperado pela vitória.

A Costa do Marfim tem o Brasil pela frente em seu segundo compromisso neste Mundial. O time liderado por Didier Drogba pode alterar o panorama africano com uma vitória sobre a equipe de Dunga. Caso contrário, terá que se juntar aos outros representantes africanos e começar a fazer contas.

A última vez que o continente africano ficou sem representante na segunda fase da Copa foi em 1982, na Espanha. De lá para cá, cinco países tiveram a oportunidade de ir além da fase de grupo dos Mundiais: Marrocos (1986), Camarões (1990), Nigéria (1994 e 1998), Senegal (2002) e Gana (2006). Destes somente dois alcançaram as quartas de final: Camarões, eliminado pela Inglaterra em 1990, e Senegal, desclassificada pela Turquia em 2002.

Em 1986, Marrocos foi eliminado pela Alemanha nas oitavas de final. Nigéria caiu nas oitavas em duas Copas consecutivas e teve Itália (1994) e Dinamarca (1998) como algozes. O vilão de Gana em 2006 foi exatamente a seleção brasileira comandada Carlos Alberto Parreira.

Fonte: UOL

 

+ sobre o tema

Quilombolas são foco de acordo entre a Seppir e o Maranhão

Cooperação será firmada nesta quarta-feira (04), às 10h, no...

A “Onda Negra”: arte visual afro-brasileira, legitimação e circulação

Alecsandra M. de Oliveira é dra. em Artes Visuais...

SHOW BEYONCÉ: Diva se apresenta hoje no Estádio do Morumbi, em São Paulo.

Após uma forte chuva que atingiu a região do...

para lembrar

Morre aos 90 anos a ganhadora do Nobel de literatura Nadine Gordimer

Em março, sul-africana havia revelado que tinha câncer no...

 Na capital gaúcha viveu um príncipe negro…

A figura do príncipe Custódio Joaquim de Almeida (1831?...

Groundbreaking New Series – ‘Mister Brau’ – Gives Afro-Brazilians Representations to Cheer Despite Flaws

Brazilian television is very white, but most Brazilians aren’t. por Kiratiana...
spot_imgspot_img

Sambista ligada ao rap, Leci Brandão rebate críticas de Ed Motta: ‘Elitista’

Leci Brandão, 79, rebateu com estilo as recentes declarações de Ed Motta, que chamou de "burros" os fãs de hip hop, "sem exceção". Sem citar...

Jordan Peele faz anúncio misterioso nas redes sociais

Jordan Peele tem planos para outubro. Ele publicou uma foto com a data de 23 de outubro deste ano em fundo preto e não acrescentou...

Rihanna já tem atriz favorita para possível cinebiografia

Rihanna está se antecipando em relação a como quer ser vista, caso sua história venha a ser uma cinebiografia em algum momento do futuro. A cantora...
-+=