DJ Lah, do grupo Conexão do Morro, morre em chacina na periferia de São Paulo

Nove pessoas foram baleadas e, dessas, seis morreram em uma chacina na periferia de São Paulo. Um dos mortos é Laercio de Souza Grimas, o DJ Lah, do grupo Conexão do Morro. Ele é parceiro de mixagens do rapper Mano Brown.

A notícia do crime foi publicada no início da madrugada em um site especializado. O DJ é tratado como “um irmão” que fez história no Rap. A chacina aconteceu por volta da meia-noite no bairro Campo LImpo, na zona sul de São Paulo.

Segundo testemunhas, homens armados desceram de dois carros e uma moto e dispararam contra um grupo que estava em um bar.

Cinco pessoas morreram no local e outra no pronto-socorro. Um dos mortos é o DJ Lah, do Grupo Conexão do Morro, criado no Capão Redondo, região periférica e violenta da capital paulista.

Segundo o site, os tiros também acertaram o rapper 2Pac, do grupo Sintônia Lado Sul. Eles está internado em um hospital.

Os moradores evitam dar maiores detalhes sobre o crime. Eles se dizem ameaçados desde a execução de um pedreiro pela Polícia Militar, no ano passado. O bar, onde aconteceu a chacina, fica em frente à casa onde o pedreiro teria sido executado.

Com o primeiro CD gravado em 1998, o Grupo Conexão do Morro tinha entre os admiradores Mano Brown, o mais influente rapper brasileiro. Um dos temas preferidos do “Conexão” era o protesto contra a repressão policial.

Ainda de acordo com o site, “DJ Lah tinha 33 anos e deixa quatro filhos, amigos e família inconformados com tamanha covardia”.

Fonte: R7

+ sobre o tema

Ministério Público vai investigar atos de racismo em escola do DF

O Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT)...

Desigualdade ambiental em São Paulo: direito ao verde não é para todos

O novo Mapa da Desigualdade de São Paulo faz...

Nath Finanças entra para lista dos 100 afrodescendentes mais influentes do mundo

A empresária e influencer Nathalia Rodrigues de Oliveira, a...

Ministério da Igualdade Racial lidera ações do governo brasileiro no Fórum Permanente de Afrodescendentes da ONU

Ministra da Igualdade Racial, Anielle Franco, está na 3a sessão do...

para lembrar

spot_imgspot_img

Negros são maioria entre presos por tráfico de drogas em rondas policiais, diz Ipea

Nota do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) mostra que negros são mais alvos de prisões por tráfico de drogas em caso flagrantes feitos...

Um guia para entender o Holocausto e por que ele é lembrado em 27 de janeiro

O Holocausto foi um período da história na época da Segunda Guerra Mundial (1939-1945), quando milhões de judeus foram assassinados por serem quem eram. Os assassinatos foram...

Caso Marielle: mandante da morte de vereadora teria foro privilegiado; entenda

O acordo de delação premiada do ex-policial militar Ronnie Lessa, acusado de ser o autor dos disparos contra a vereadora Marielle Franco (PSOL), não ocorreu do dia...
-+=