segunda-feira, dezembro 5, 2022
InícioQuestão RacialViolência Racial e PolicialDJ Lah, do grupo Conexão do Morro, morre em chacina na periferia...

DJ Lah, do grupo Conexão do Morro, morre em chacina na periferia de São Paulo

Nove pessoas foram baleadas e, dessas, seis morreram em uma chacina na periferia de São Paulo. Um dos mortos é Laercio de Souza Grimas, o DJ Lah, do grupo Conexão do Morro. Ele é parceiro de mixagens do rapper Mano Brown.

A notícia do crime foi publicada no início da madrugada em um site especializado. O DJ é tratado como “um irmão” que fez história no Rap. A chacina aconteceu por volta da meia-noite no bairro Campo LImpo, na zona sul de São Paulo.

Segundo testemunhas, homens armados desceram de dois carros e uma moto e dispararam contra um grupo que estava em um bar.

Cinco pessoas morreram no local e outra no pronto-socorro. Um dos mortos é o DJ Lah, do Grupo Conexão do Morro, criado no Capão Redondo, região periférica e violenta da capital paulista.

Segundo o site, os tiros também acertaram o rapper 2Pac, do grupo Sintônia Lado Sul. Eles está internado em um hospital.

Os moradores evitam dar maiores detalhes sobre o crime. Eles se dizem ameaçados desde a execução de um pedreiro pela Polícia Militar, no ano passado. O bar, onde aconteceu a chacina, fica em frente à casa onde o pedreiro teria sido executado.

Com o primeiro CD gravado em 1998, o Grupo Conexão do Morro tinha entre os admiradores Mano Brown, o mais influente rapper brasileiro. Um dos temas preferidos do “Conexão” era o protesto contra a repressão policial.

Ainda de acordo com o site, “DJ Lah tinha 33 anos e deixa quatro filhos, amigos e família inconformados com tamanha covardia”.

Fonte: R7

Artigos Relacionados
-+=
PortugueseEnglishSpanishGermanFrench