SP: morto em chacina comemorava primeiro dia de férias do trabalho

Um dos sete mortos na chacina ocorrida em um bar na noite de sexta-feira na zona sul de São Paulo estava no local para comemorar o primeiro dia de férias do trabalho. O instalador de alarmes Almando dos Santos Júnior, 42 anos, havia saído de casa menos de uma hora antes do crime, segundo sua mulher. “Era inocente, trabalhador, só de empresa tem 25 anos”, relatou a viúva. As informações são do Jornal da Record.

Almando não tinha antecedentes criminais. Ele viajaria neste sábado para o litoral com a mulher e os filhos, de dois e cinco anos. A esposa diz que ainda não contou para as crianças sobre a morte do pai. “Não sei nem como falar para eles. Não sei, sinceramente eu não sei”, disse. Quatro veículos foram utilizados no crime, que foi cometido por cerca de 14 pessoas. Mais de 50 tiros teriam sido efetuados. De acordo com a polícia, o alvo da chacina poderia ser o DJ Laércio de Souza Grimas, 33 anos, que foi morto com 15 tiros, nove deles pelas costas.

 

DJ Lah, do grupo Conexão do Morro, morre em chacina na periferia de São Paulo

Fonte: Terra

+ sobre o tema

Como as escolas de samba nos ensinam sobre ancestralidade

Desde que foram criadas, escolas de samba têm sido...

Esperança de justiça une mães de vítimas da violência policial no Rio

A longa espera por justiça é uma realidade presente...

Primeira mulher trans a liderar bancada no Congresso, Erika Hilton diz que vai negociar ‘de igual para igual’

A deputada federal Erika Hilton (PSOL-SP) foi aclamada nesta quarta-feira como...

para lembrar

spot_imgspot_img

Um guia para entender o Holocausto e por que ele é lembrado em 27 de janeiro

O Holocausto foi um período da história na época da Segunda Guerra Mundial (1939-1945), quando milhões de judeus foram assassinados por serem quem eram. Os assassinatos foram...

Caso Marielle: mandante da morte de vereadora teria foro privilegiado; entenda

O acordo de delação premiada do ex-policial militar Ronnie Lessa, acusado de ser o autor dos disparos contra a vereadora Marielle Franco (PSOL), não ocorreu do dia...

Pacto em torno do Império da Lei

Uma policial militar assiste, absolutamente passiva, a um homem armado (depois identificado como investigador) perseguir e ameaçar um jovem negro na saída de uma...
-+=