Em vídeo emocionante, Preta Gil fala sobre como sofre com o preconceito

 A artista brasileira mostra-se com força para superar as adversidades.

no TVMais

Perante a polémica que envolve o ator José Mayer (ver aqui), Preta Gil decidiu recordar uma campanha na qual expôs o que sofreu com o preconceito. Aos 42 anos, a artista brasileira revela que ser “mulher, negra e gorda” a torna num alvo fácil, mas que com a experiência acabou por ganhar força para lutar pelos seus direitos e pela liberdade e segurança das outras mulheres.

+ sobre o tema

Da dificuldade nasce a força da mulher negra

Em 1989, com 14 anos, entrei no mercado de...

A “empregada” no centro de uma sociedade cindida

“Que horas ela volta?”, de Anna Muylaert, segue linhagem...

Paulina Chiziane e a liberdade de quem conta suas próprias histórias

“Se queres conhecer a liberdade Segue o rastro das andorinhas” (Ditado...

para lembrar

Nem de ‘golpe’, nem de ‘namorado’: Dilma precisa ser respeitada como mulher

O atual cenário político está chamando a atenção para...

Ameaças e violência têm transformado minha vida em uma grande tensão

Dentro da faculdade em que estudo, recebi por meses...

Racismo e machismo desconstruídos pelo design

Com 19 anos, Giovana Rodrigues é negra e feminista,...

PLP 2.0: aplicativo para o combate à violência contra a mulher é lançado oficialmente

Ferramenta apoiada pela AJURIS passará por período de testes...
spot_imgspot_img

Negra Li mostra fantasia deslumbrante para desfile da Vai-Vai em SP: ‘Muita emoção’

A escola de samba Vai-Vai está de volta ao Grupo Especial para o Carnaval 2024, no Sambódromo do Anhembi, em São Paulo, neste sábado...

Livro põe mulheres no século 20 de frente com questões do século 21

Vilma Piedade não gosta de ser chamada de ativista. Professora da UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro) e uma das organizadoras do livro "Nós…...

“O Itamaraty me deu uma bofetada”, diz embaixadora Isabel Heyvaert

Com 47 anos dedicados à carreira diplomática, a embaixadora Isabel Cristina de Azevedo Heyvaert não esconde a frustração. Ministra de segunda classe, ela se...
-+=