Eu Canto Minha África apresenta novo repertório

Enviado por / FonteEnviado ao Portal Geledés

Coral infantojuvenil terá ação para a semana da Consciência Negra

Cinco novas músicas cantadas em português e também em idiomas africanos serão apresentadas pelo “Eu Canto Minha África – Coral de Vozes Infanto-Juvenis” para celebrar a Semana da Consciência Negra de 2021. O coral, formado por crianças, adolescentes e jovens, de 06 a 17 anos, negros e afrodescendentes da cidade de São Carlos, interior de São Paulo, fará sua segunda apresentação pela internet.

A continuidade do trabalho veio com recursos recebidos do prêmio concedido pela Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo à produtora e coordenadora do projeto Dnize Castro, pelos seus 26 anos de atuação no desenvolvimento da cultura e da arte no país.  O coral recebeu verba através do edital Proac LAB – Lei Aldir Blanc.

A cada dia da Semana da Consciência Negra, o coral disponibilizará uma nova canção na internet em formato de videoclipe. A programação estará aberta a partir do dia 16/11 e seguirá até o dia 20/11, data em que se comemora o Dia Nacional da Consciência Negra. Vale ressaltar que neste ano, o coral homenageará com músicas originais, duas importantíssimas mulheres: Marielle Franco e Odette dos Santos, a “Dama do Samba Sancarlense”.

Os vídeos poderão ser acessados na página do coral pelo canal do YouTube: coral eu canto minha africa. Os links estarão também disponíveis no site www.dcastroproducoes.com e o conteúdo será aberto para a imprensa e para o público de forma gratuita para download.

Ficha técnica: Nara Dom como regente e direção musical, Felipe Côrtes na produção musical e percussão, Allan Gavassa como coreógrafo, Dagoberto João Cavaleiro na cenografia, Luciane Sant’Ana nos figurinos e adereços, André Luís Ferreira na fotografia, Adriana Nagazako na assessoria de imprensa, Cauê Mendes como designer gráfico, Gil Arruda como hair design, Gercilene Azevedo da Cunha na assistência de produção, Luana Di Pires na captação de imagens e edição, Thierry Gabriel Varela na assistência de captação de imagem e Daniela Cristina N. dos Santos como educadora social.

O coral conta também com apoio do Instituto Marielle Franco, incentivo cultural da ACISC – Associação Comercial e Industrial de São Carlos e apoio institucional da Prefeitura Municipal de São Carlos através da Secretaria Municipal de Cidadania, do Centro Municipal de Cultura Afro-Brasileira de São Carlos, da Secretaria Municipal de Educação, da Secretaria Municipal de Transporte e Trânsito e do Cemac – Centro Municipal de Artes e Cultura.

** ESTE ARTIGO É DE AUTORIA DE COLABORADORES OU ARTICULISTAS DO PORTAL GELEDÉS E NÃO REPRESENTA IDEIAS OU OPINIÕES DO VEÍCULO. PORTAL GELEDÉS OFERECE ESPAÇO PARA VOZES DIVERSAS DA ESFERA PÚBLICA, GARANTINDO ASSIM A PLURALIDADE DO DEBATE NA SOCIEDADE.

+ sobre o tema

A escravidão moderna e o Brasil que insiste em não enxergar

O Brasil ainda não sente indignação com a moderna...

Mulheres sambistas lançam livro-disco infantil com protagonista negra

Uma menina de 4 anos, chamada de Flor de...

Estudo sobre comunidade quilombola abolição

O trabalho “Quilombo Abolição: História e Identidade (2005-2018)”, de...

para lembrar

Novembro pela igualdade racial em comemoração ao mês da Consciência Negra

O Revista Brasília conversou com o presidente da comissão...

As pessoas estão adorando a reação deste noivo ao ver sua noiva subir ao altar

O amor verdadeiro é real. Por Michael Blackmon, do BuzzFeed Estes são Gabriel...

MTV dá segunda chance a Kanye West

Kanye West vai apresentar-se ao vivo no MTV Video...
spot_imgspot_img

14 de maio e a Revolta dos Malês

Quem passa pelo Campo da Pólvora, em Salvador, nem imagina que aquela praça, onde ironicamente hoje se encontra o Fórum Ruy Barbosa, foi palco...

Iza anuncia que terá uma menina e o nome será Nala

O primeiro bebê de Iza e Yuri Lima já teve o sexo revelado: será uma menina. A cantora contou a novidade aos fãs na noite desta segunda-feira (13),...

Leci Brandão – Na Palma da Mão em curta temporada no Imperator

Com direção de Luiz Antonio Pilar e texto de Leonardo Bruno, musical que celebra vida e obra da artista se apresenta no Imperator Vencedor do Prêmio Shell de Teatro na categoria "Direção" Nome incontornável da música brasileira, compositora e intérprete de...
-+=