Festival gratuito celebra teatro feito por e para pessoas negras

Mostra acontece no Sesc Interlagos até o dia 3/11

Por Manuela Tecchio, do Folha de São Paulo

Foto: Paulo Pereira

Com programação inteiramente gratuita, a primeira edição do Festival de Teatro Negro de São Paulo leva o prefixo “Dona Ruth”, uma homenagem a Ruth de Souza, atriz negra pioneira do teatro —a primeira a pisar no palco do Theatro Municipal—, da TV e do cinema brasileiro, morta em julho deste ano.

Entre as peças que se destacam na programação está o monólogo “Eu e Ela”, no qual a atriz Dirce Thomaz interage com a história da escritora Carolina Maria de Jesus, uma das primeiras a narrar a vida nas periferias do Brasil. O texto da peça fala ora em primeira ora em terceira pessoa para discutir as questões políticas e sociais de cada época.

Já em “Black Brecht”, o Coletivo Legítima Defesa imagina como seriam as peças do dramaturgo alemão Bertolt Brecht (1898-1956) caso ele fosse negro, no dia 27/10, às 15h.

Ainda estão na mostra, que acontece no Sesc Interlagos até o dia 3/11, “Performance de uma Travesti Viva!”, em que a cantora Dellacroix discute com o público aspectos de sua carreira e vida pessoal como pessoa LGBT e a leitura dramática do texto de “Revolver”, espetáculo do Coletivo Negro no qual dois andarilhos se encontram à sombra da última árvore que restou no mundo.

Sesc Interlagos – Av. Manuel Alves Soares, 1.100, Parque Colonial, tel. 5662-9500. Sáb.: 10h, 13h, 14h, 15h e 16h. Dom.: 12h, 13h e 15h. Até 3/11. GRÁTIS

+ sobre o tema

Reunião com MPF discute impacto social da demarcação de terras quilombolas

As associações comunitárias de Aguapés, Osório e Maquiné reuniram-se...

Mumia Abu-Jamal

Mumia Abu-Jamal, nascido Wesley Cook, em 24 de abril...

Museu Judaico de SP e parcerias realizam debate Memória e Testemunho

O Museu Judaico de São Paulo, o Instituto Brasil Israel...

Blaise Musipere: do Congo para as telinhas brasileiras

O simpático ator Blaise Musipere, de 28 anos, nasceu...

para lembrar

Vinte países africanos escolhem novos líderes neste ano

Quase metade dos países africanos escolhe novas lideranças...

Chuva intensa desde sábado deixa moradores de Palmares em alerta

Por: Glauco Araújo   Defesa Civil Municipal circulou pelas...

Hamilton lembra coincidência com Obama e diz que quebrou barreiras

Em 2008, piloto inglês se tornou o primeiro negro...
spot_imgspot_img

iAMO lança seu programa de residência artística audiovisual durante Festival de Cannes

O Instituto Audiovisual Mulheres de Odun (iAMO), presidido pela cineasta Viviane Ferreira, anuncia na sexta-feira, 17 de maio, o lançamento do seu Programa de...

Dia 21, Maurício Pazz se apresenta no Instrumental Sesc Brasil

Maurício Pazz, paulistano, nos convida a mergulhar nos diferentes sotaques oriundos das diásporas africanas no Brasil. No repertório, composições musicais do próprio artista, bem...

Inéditos de Joel Rufino dos Santos trazem de volta a sua grandeza criativa

Quando faleceu, em 2015, Joel Rufino dos Santos deixou pelo menos dois romances inéditos, prontos para publicação. Historiador arguto e professor de grandes méritos, com...
-+=