Franceses e brasileiros em Paris homenageiam Marielle Franco e manifestam solidariedade a Lula

Enviado por / FonteDo Brasil247

A vereadora e militante brasileira dos direitos humanos Marielle Franco, brutalmente assassinada em 14 de março último, foi homenageada pela Prefeitura de Paris. Sua foto está exposta na fachada da sede do governo da capital francesa, cuja titular é a socialista Anne Hidalgo, à frente de uma coalizão de que faz parte o Partido Comunista Francês.

Outros eventos políticos e culturais têm sido dedicados à vereadora carioca. Nesta quarta-feira (2), centenas de brasileiros residentes em Paris se reuniram no bar e casa de shows “Mais Um – Resistente parisiense” – um ponto de resistência cultural na região da Praça da República – para homenagear Marielle. Discursos e canções lembraram a vereadora e militante dos direitos humanos, num ambiente de muita emoção.
Tomaz Miranda e o grupo musical YAÔ foram os destaques musicais, com apresentações de chorinho e samba.

A secretária municipal de direitos humanos da Prefeitura de Paris, Helene Bidard, do Partido Comunista Francês, falou no evento. Lembrou que a denúncia do assassinato de Marielle repercutiu fortemente entre os franceses e foi tema de denúncia na Câmara Municipal. “É preciso denunciar para evitar que fatos como este se repitam e permaneçam impunes”, disse a secretária, que lembrou a ação política de Marielle como vereadora, “expressão da renovação política no Brasil”, e ativista da luta pelos direitos humanos.

Também esteve presente a senadora comunista Laurence Cohen, presidente do Grupo Parlamentar de Amizade França-Brasil. “Sou solidária aos que lutam pelos direitos humanos e não com as multinacionais”. Cohen chamou a atenção para a grave crise política no Brasil, onde houve “um golpe de Estado institucional e a democracia é atacada”. Afirmando que “estamos aqui de pé e em luta”, a senadora disse que uma das suas missões como presidente do grupo parlamentar é fazer eco ao que está acontecendo no Brasil.

Sophie Thonon, presidente da organização de solidariedade França-América Latina, advogada que se dedica à defesa dos direitos humanos e participou de campanhas em favor dos presos políticos na América do Sul, destacou a ação da entidade em solidariedade com o povo brasileiro na luta contra o golpe, denunciou a prisão do ex-presidente Lula como parte dos ataques à democracia, advertiu para o caráter político da prisão de Lula e para as condições carcerárias a que está submetido.

De passagem por Paris, também foram ao evento Socorro Gomes, presidenta do Conselho Mundial da Paz, e José Reinaldo Carvalho, da direção nacional do Partido Comunista do Brasil.

+ sobre o tema

Não me deem flores no Dia Internacional da Mulher

Não me dêem flores no Dia Internacional da Mulher....

10 vezes que as famosas deram as melhores respostas para críticas ao seus corpos

por Beatriz Moura no Virgula 1) Quando a Nicki Minaj quis mostrar...

Menina de oito anos morre no Iêmen em lua de mel com marido de 40

Uma criança de oito anos morreu no último sábado...

A ‘epidemia silenciosa’ de desaparecimento de mulheres no Peru

No fim da tarde de 18 de janeiro, Dominga...

para lembrar

Robinho e seu Deus “particular” contra “pessoas usadas pelo demônio”

Não há outro caso tão comentado quanto o de...

Redação do Enem 2015 ‘plantou uma semente’, diz Maria da Penha

O G1 ouviu a vítima de violência que dá...

Maioria das mulheres negras não exerce trabalho remunerado, aponta estudo

Menos da metade das mulheres negras brasileiras exerce trabalho...

Pesquisa mostra que 86% das mulheres brasileiras sofreram assédio em público

Pesquisa divulgada pela organização internacional de combate à pobreza...
spot_imgspot_img

IBGE: mulheres assalariadas recebem 17% menos que os homens

Dados divulgados nesta quinta-feira (20/06) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) revelam que a disparidade salarial entre os gêneros no Brasil se mantém em...

Casa Sueli Carneiro abre as portas ao público e apresenta o III Festival Casa Sueli Carneiro, pela primeira vez em formato presencial

RETIRE SEU INGRESSO A Casa Sueli Carneiro, fundada em dezembro de 2020 e atuando em formato on-line desde abril de 2021, é uma entidade criada...

Aborto legal: falhas na rede de apoio penalizam meninas e mulheres

As desigualdades sociais no Brasil podem explicar a razão para que meninas e mulheres busquem apoio para o aborto legal também após 22 semanas...
-+=