Francia Márquez diz acreditar que Brasil terá presidente negra no futuro

Vice-presidente eleita da Colômbia se reuniu nesta quarta (27) com Anielle Franco e parlamentares no Rio

Em encontro com parlamentares e pré-candidatas negras, na manhã desta quarta (27), no Rio de Janeiro, a vice-presidente recém-eleita da Colômbia, Francia Márquez, disse acreditar que o Brasil terá no futuro uma presidente negra.

Ela também se colocou à disposição para contribuir com a entrada na política no Brasil de mais mulheres negras.

O evento ocorre no dia em que a vereadora Marielle Franco completaria 43 anos. Assassinada a tiros em 2018, o nome da parlamentar foi lembrado como referência política e como exemplo de violência que não pode mais acontecer. Quatro anos depois, o crime ainda não foi solucionado.

Irmã de Marielle, a educadora e presidente do Instituto Marielle Franco, Anielle Franco, esteve presente no encontro, assim como as deputadas Benedita da Silva (PT-RJ) e Talíria Petrone (PSOL-RJ).

Francia e as brasileiras também falaram sobre os desafios e estratégias para as eleições brasileiras a partir da experiência da Colômbia, que acaba de eleger Gustavo Petro como presidente do país.

O encontro foi organizado por entidades negras e da sociedade civil como o Instituto Marielle Franco, Instituto Ibirapitanga, Mulheres Negras Decidem, Instituto Alziras, Instituto Peregum e Rede de Mulheres Negras de Pernambuco.

com BIANKA VIEIRA, KARINA MATIAS e MANOELLA SMITH

+ sobre o tema

Mulheres encontram força e desafiam preconceitos para realizar seus sonhos

Mãe solteira, professora, enfermeira e bombeira. Marília é ou...

Judith Butler é agredida ao embarcar no aeroporto de Congonhas

Agressora também proferiu insultos racistas contra a atriz e...

Facebook pede desculpas a drag queens por exigência de ‘nome real’ do usuário

A partir de agora, membros da comunidade poderão utilizar...

para lembrar

Rainha Quelé

Essa mulher jamais deve ser esquecida! Clementina de Jesus,...

Por que algumas domésticas estão recusando patrões brasileiros nos EUA

Domésticas brasileiras que moram nos Estados Unidos têm evitado...
spot_imgspot_img

ONGs LGBTQIA+ enfrentam perseguição e violência política no Brasil, diz relatório

ONGs de apoio à causa LGBTQIA+ enfrentam perseguição e violência política para realizar seu trabalho no Brasil, mostra um relatório produzido pela Abong (Organizações Brasileira de ONGs) em...

Menstruação segura ainda é desafio no Brasil, indica Unicef

Uma enquete do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), concluiu “que o direito de menstruar de maneira digna, segura e com acesso...

Mulher tem aborto legal negado em três hospitais e é obrigada a ouvir batimento do feto, diz Defensoria

A Defensoria Pública de São Paulo atendeu ao menos duas mulheres vítimas de violência sexual que tiveram o acesso ao aborto legal negado após o Conselho...
-+=