segunda-feira, agosto 15, 2022

FUNK BRASIL – 40 Anos de Baile

Cultne registrou o musical inédito, “Funk Brasil 40 anos de Baile”que rolou de agosto a setembro de 2012, no Teatro Miguel Falabella, no Norte Shopping, Zona Norte do Rio.

Neste inédito musical, “Funk Brasil 40 anos de Baile” desafiou o público a permanecer sentado enquanto, no palco, embalados pelo ritmo contagiante e ininterrupto de 64 hits, seis atores reviveram momentos marcantes desta expressão tão enérgica e polêmica da cultura nacional. Baseado no livro “Batidão Uma História do Funk”, de Silvio Essinger, o texto, escritopor Pedro Monteiro (de “Os Ruivos”) e João Bernardo Caldeira, remonta a trajetória do gênero desde o início, nos anos 70, febre do soul até sua ascensão junto ao público e à mídia, quebrando gradativamente as barreiras artísticas, econômicas e sociais.

 
Com imagens e edição de Dom Filó e finalização de Pedro Oliveira, Cultne registrou o musical inédito, “Funk Brasil 40 anos de Baile”que rolou de agosto a setembro de 2012, no Teatro Miguel Falabella, no Norte Shopping, Zona Norte do Rio.

Neste inédito musical, “Funk Brasil 40 anos de Baile” desafiou o público a permanecer sentado enquanto, no palco, embalados pelo ritmo contagiante e ininterrupto de 64 hits, seis atores reviveram momentos marcantes desta expressão tão enérgica e polêmica da cultura nacional. Baseado no livro “Batidão Uma História do Funk”, de Silvio Essinger, o texto, escrito
por Pedro Monteiro (de “Os Ruivos”) e João Bernardo Caldeira, remonta a trajetória do gênero desde o início, nos anos 70, febre do soul até sua ascensão junto ao público e à mídia, quebrando gradativamente as barreiras artísticas, econômicas e sociais.

A direção é de Joana Lebreiro, experiente na condução de musicais como “Meu Caro Amigo”, e
“Aquarelas do Ary”. Graças à relevância sociocultural da iniciativa, a temporada foi patrocinada pela Petrobras, através da Secretaria de Cultura do Governo do Rio.

Ambientado em uma inédita peça-baile, no palco, seis atores cantam dança e interpreta os diversos personagens dos 40 anos de funk no Brasil. Os principais hits estão em cena, sob a batuta do diretor musical Marcelo Rezende. No papel de MCs, os mestres de cerimônia do baile, as atrizes Cíntia Rosa e Julia Gorman são as narradoras desta história, que mostra as curiosidades e os melhores momentos do gênero, como o começo de tudo, nos anos 70, com Dom Filó, Big Boy e Gerson King Combo. E a ascensão de Claudinho & Buchecha, DJ Marlboro, Latino, Tati Quebra-Barraco, com as músicas e letras que revelaram o cotidiano das comunidades cariocas para todo o Brasil.

A história começa no Baile da Pesada, anos 70, no Canecão, comandado pelo lendário disc-jockey Big Boy, quando a festa deixa a casa para dar lugar a Roberto Carlos. Da Zona Sul ao subúrbio, o soul toma conta do Rio e surgem dezenas de equipes como Célula Negra, Black Power, Revolução da Mente e Soul Grand Prix, que ocupam localidades
como Leopoldina, Méier, Cascadura, Marechal Hermes, Madureira, Rocha Miranda e Oswaldo Cruz.

 
E é neste contexto que surgem Dom Filó, Mister Funky Santos, DJ Marlboro, Rômulo Costa, Furacão 2000, D‘ Eddy e Grandmaster Raphael, como também os hits como “Melô da Mulher Feia”, “Rap do Pirão”, “Feira de Acari” e as versões e
montagens como “Montagem do Sax” (baseada em “Your Lastest Trick”, de Dire Straits).
 

 
Fonte: CULTNE
Artigos Relacionados
-+=
PortugueseEnglishSpanishGermanFrench