Tag: percussão

    Divulgação

    Festival reúne mulheres percussionistas para apresentações em casa

    O encontro musical que reúne mulheres percussionistas para apresentações artísticas, oficinas e diálogos sobre música, corpo e saúde, este ano propõe um xirê-virtual com percussionistas de várias cidades brasileiras. Realizada nos anos de 2018 e 2019 nas ruas e espaços culturais das cidades de Cachoeira e São Félix, no Recôncavo da Bahia, a edição 2020 acontece nos dias 28 e 29 de maio e as performances serão a partir da casa de cada artista convidada, transmitidas pelo perfil @yakurinxire nas redes sociais. Na programação deste ano estão nomes como Nânan Matos (The Voice Brasil), Mestra Janja, Mônica Millet, Mesta Jociara, Verônica Bonfim entre outras. Em iorubá, Yakurin significa ‘Mulheres que tocam’ e Xirê, ‘festa’. A promessa é de que este ano as entregas serão muitas: apresentação musical; história dos instrumentos percussivos; canto; performances múltiplas que expressam a relação corpo-música-percussão-saúde. As percussionistas, cantoras e pesquisadoras Emillie Lapa ...

    Leia mais
    blank

    Eu e Naná

    A desproporção com que a vertente cultural ocidental ou americanoeuropeia se sobrepõe à índio-africano-ibérico-popular é de atordoante violência por Antonio Nobrega, no Carta Capital Guardarei duas lembranças e uma música de Naná Vasconcelos: estou no Recife e recebo a notícia de que ele deixara a cidade para ir morar no Rio (depois partiria para fora do país); a outra: apresentando-me no show de abertura do carnaval de Recife em 2014, ano em que fui o seu homenageado, recebo de Naná, que fora o do ano anterior, a placa da homenagem. Posso dizer que as duas lembranças fazem parte do lado simbólico e afetivo que sempre guardarei dele; quanto à música, a carrego materialmente. Ela é uma presença viva e constante no cotidiano exercício da minha dança. Quando quero dar um passeio geral por ela recorro àquela sua música de uma só frase melódica, mas de ritmo inebriante. Vai-se um músico ...

    Leia mais
    blank

    Naná Vasconcelos, o Jungle Man

    O músico deu novo status à percussão Nos anos 1970, quando Naná Vasconcelos saiu pelo mundo para dividir o palco com nomes consagrados como Pat Metheny, B.B. King, Paul Simon, Jean-Luc Ponty, plateias pouco informadas, mas mesmerizadas pelo espetáculo, referiam-se a ele como Jungle Man. Por Ana Ferraz Do Carta Capital Aquele instrumento estranho só poderia vir da Floresta Amazônica. “No meio de um solo percebi que ninguém ali jamais havia visto nada parecido.” Autodidata, batucava nas panelas e aos 12 anos se apresentava em bares e clubes. A popularidade veio ao tirar o berimbau das rodas de capoeira e colocá-lo em destaque no palco. Em suas mãos, o instrumento de origem angolana ganhou status de solista. No início, temeu a reação dos puristas. Inovar poderia ser entendido como um modo de ferir a tradição. Foi inevitável. Inseriu o berimbau no contexto do jazz e do blues, transcendeu ao transformar o ...

    Leia mais
    blank

    Evento gratuito em São Paulo ensina dança e percussão para pais e filhos

    Os eventos são abertos ao público e há atividades para toda a família Neste sábado (23) e domingo (24), o Itaú Cultural convida o público para participar de mais uma edição do Fim de Semana em Família com oficina de música, comandada por Ari Colares, e performance de dança com o Lagartixa na Janela, dirigido por Uxa Xavier. Dentro do universo literário, as crianças contam com a Feirinha de Troca de Livros, CDs e DVDs e o Cantinho da Leitura, que também disponibiliza tablets com acesso ao site O Mundo de Bartô. Nos dois dias, sempre às 15h, o percussionista Ari Colares, monta uma roda com vários naipes de instrumentos e convida pais e filhos a experimentarem os sons, para, no final, todos tocarem juntos. A oficina Brincando de Maestro proporciona uma experiência de construção musical por meio de comandos gestuais simples, unindo, na mesma brincadeira, adultos e crianças a ...

    Leia mais
    bebo valdes

    Morre Bebo Valdés, uma das lendas da música cubana

    Bebo Valdés, uma das maiores figuras da música cubana, morreu esta sexta-feira em Estocolmo, na Suécia, aos 94 anos, noticiou o «El País». As causas da morte não foram reveladas, mas, para além da idade avançada, o músico sofria da doença de Alzheimer. Pianista e compositor nascido em 1918, Bebo começou a sua carreira profissional nos clubes de Havana durante os anos 1940, e um dos primeiros mambos que criou intitulava-se «La rareza del siglo». Numa altura em que muitos artistas norte-americanos bebiam inspiração nas viagens a Cuba, Bebo Valdés chegou a gravar com Nat King Cole. Bebo é considerado um dos principais percursores do jazz latino e de uma sonoridade tão própria de Cuba que cruzou ritmos latinos com africanos. Após a revolução cubana, o músico aproveitou uma digressão mundial para exilar-se na Suécia, nos anos 60. Foi aí que reconstruiu a sua vida, casando-se pela segunda vez. Do ...

    Leia mais
    Bobbie-Smith

    Morre Bobbie Smith, vocalista da banda The Spinners

    Norte-americano estava com 76 anos e teve complicações decorrentes de pneumonia Bobbie Smith, que foi o vocalista principal do grupo vocal The Spinners - famoso na década de 1970 por sucessos como "Could It Be I'm Falling in Love" e "Games People Play" - morreu no sábado aos 76 anos, em Orlando, por complicações decorrentes de pneumonia e gripe, disse em nota Nat Burgess, agente do artista. Em novembro, Smith havia sido diagnosticado com câncer de pulmão, e passava por quimioterapia e radioterapia. Burgess disse que sua imunidade ficou comprometida com o tratamento. "Um dos pedidos finais de Bobbie Smith foi para conscientizar as pessoas do seu câncer, de modo a novamente trazer à linha de frente os muitos perigos de fumar. Sua falta será profundamente sentida por todos os seus amigos e colegas no mundo da música", disse Burgess. Os Spinners concorreram ao Grammy e emplacaram sete singles nas ...

    Leia mais
    Forum 120-ManoBrown

    Mano Brown na Fórum de março

    Confira abaixo parte da entrevista com Mano Brown, destaque de capa da Fórum de março Por Glauco Faria, Igor Carvalho e Renato Rovai “Eu sou o Brown mais velho, macaco velho. Estou menos óbvio, menos personagem e mais natural. Comecei a tomar cuidado. Nunca fui oportunista, vivo de música, não sou um político que faz música”. Essa é uma das formas pelas quais o líder e vocalista do Racionais MC’s se define hoje, 25 anos depois de o grupo de rap conseguir levar sua mensagem não apenas às periferias de todo o Brasil, mas também a muitos lugares e pessoas que não tinham intimidade com o ritmo. A mensagem de Brown sempre foi forte e contundente, mas hoje o músico prepara o lançamento de um álbum solo, no qual o soul e o romantismo predominam. Isso não significa, nem de longe, que o seu pensamento tenha se modificado, até porque muito do contexto que propiciou ...

    Leia mais
    morre emilio

    Cantor Emílio Santiago morre no Rio

    Cantor estava internado na CTI do Hospital Samaritano. Sambista havia sofrido um acidente vascular cerebral.  O cantor Emílio Santiago, de 66 anos, morreu na manhã desta quarta-feira (20) no Hospital Samaritano, em Botafogo, na Zona Sul do Rio. De acordo com o hospital, o artista morreu em função de complicações decorrentes de um acidente vascular cerebral isquêmico (AVC) que sofreu em 7 de março. Emílio Santiago morreu às 6h30, após permanecer 13 dias internado no Centro de Terapia Intensiva (CTI). O velório do cantor será realizado na Câmarara de Vereadores do Rio, no Centro, a partir das 12h desta quarta, e será aberto ao público. O enterro do artista acontecerá às 11h desta quinta-feira (21) no Memorial do Carmo, no Caju, na Região Portuária do Rio. Ele será enterrado ao lado do local onde sua mãe foi sepultada. Vencedor de diversos festivais de música, Emílio iniciou a carreira na década de 70 ...

    Leia mais
    1287671432 emilio santiago divulgacao 1 menor

    Cantor Emílio Santiago tem AVC e está na UTI

      O cantor Emílio Santiago está internado na CTI do Hospital Samaritano, em Botafogo, após um acidente vascular cerebral. De acordo com a unidade, o cantor chegou esta manhã na emergência e foi encaminhado para a realização de exames. Ainda não se sabe o estado de saúde do cantor, que está sendo avaliado pelos médicos. O sambista fez sucesso com músicas como 'Saygon', 'Lembra de Mim' e 'Verdade Chinesa'. Fonte: Radio Globo

    Leia mais
    Big-Boi

    Ex-Outkast lança clipe com delícias alimentares preparadas pelo time do Epic Meal Time

    A internet foi ao delírio com o lançamento do novo clipe do rapper Big Boi, mais conhecido como o parceiro de Andre 3000 no cultuado duo Outkast. Tudo porque o vídeo de "Apple Of My Eye", single extraído de seu segundo disco solo Vicious Lies and Dangerous Rumors (2012), ganhou um clipe divertidíssimo onde Big encontra um trailer de comida de rua comandado pelo pessoal do Epic Meal Time. O Epic Meal Time é um programa canadense de culinária que surgiu no YouTube. Comandado por Harley Morenstein e seus amigos, o pograma apresenta receitas ultra-calóricas e pouco ortodoxas, com ênfase em bacon. Muito bacon. Big Boy recebeu muitas críticas positivas do seu disco lançado no ano passado e o sucesso do clipe na internet vem coroar o excelente trabalho que o rapper vem fazendo no palco e no estúdio. Veja abaixo o vídeo para "Apple Of My Eye"   Fonte: ...

    Leia mais
    Jimmy-Hendrix

    Álbum de Hendrix com músicas inéditas será lançado amanhã

    O álbum póstumo "People, Hell & Angels" contará com 12 músicas inéditas gravadas entre os anos de 1968 e 1970 Redação Central - Na próxima terça-feira será lançado em todo mundo o álbum póstumo de Jimmy Hendrix, "People, Hell & Angels", com 12 músicas inéditas gravadas entre os anos de 1968 e 1970. O disco é o resultado da colaboração entre a Experience Hendrix LLC com a Legacy Recordings, uma divisão da Sony Music Entertainment, anunciou a gravadora nesta segunda-feira. Jimi Hendrix (1942-1970) já sabia em 1968 o que era encher grandes auditórios e dois de seus álbuns tinham entrado no "top ten", mas o guitarrista queria algo diferente, com artistas diferentes do trio "The Jimi Hendrix Experience". Por isso, as 12 novas canções oferecem uma grande variedade de sons únicos e de estilos, incorporando elementos como metais, teclados, percussão e uma segunda guitarra, com Hendrix tocando melhor do que ...

    Leia mais
    cantor cubano38392

    Cantor cubano Francisco Fellove morre aos 89 anos

      O cantor de origem cubana Francisco Fellove, contemporâneo de artistas como Celia Cruz, Omara Portuondo e Tito Puente, morreu na última sexta-feira (15), em um hospital da Cidade do México aos 89 anos, informou nesta terça-feira (19) a imprensa local. Francisco Fellove, que nasceu em Havana em 7 de outubro de 1923, compôs aos 17 anos "Mango, Mangué", que se transformou em um dos grandes sucessos da música cubana, interpretado por figuras como Miguelito Valdés, Celia Cruz e Johnny Pacheco. Em dezembro de 1955, chegou ao México procedente de Cuba em um navio italiano graças ao seu amigo e compositor José Antonio Méndez, que trabalhava neste país e o apresentou ao diretor artístico Mariano Rivera Conde. Com o empurrão de Rivera Conde, que o batizou de "El Gran Fellove", o cantor começou a gravar e a fazer apresentações em programas de televisão e em casas de espetáculo do México. ...

    Leia mais
    jefferson racionais 1

    ‘Vocês têm que comandar este país’, diz Mano Brown em show no Planeta

    Foram nove anos de hiato entre o último show no Planeta Atlântida e a apresentação desta sexta-feira (15). O grupo de rap Racionais MC's chegou ao festival sem papas na língua. Na época, o gênero ainda ganhava força no Brasil. No show de hoje, o público delirou ao som dos grandes hits dos paulistas da periferia. O festival segue até sábado (16) e reúne mais de 80 atrações em cinco palco.   Mano Brown subiu ao palco principal ao lado de KL Jay, Ice Blue e Edi Rock. Dois DJs garantiram as batidas pesadas, que em alguns momentos mesclavam ritmos mais abrasileirados. O grupo entrou no Planeta pouco depois das 19h30 ao som de "Artigo 157". O líder Mano Brown bravou aos planetários: "Quero a felicidade para todos!". No público, punhos erguidos, uma das marcas do grupo, acompanhavam as batidas.  Entre letras de protesto, improvisação e músicas mixadas ao vivo, ...

    Leia mais
    marinho da vila

    Hoje na História, 15 de Fevereiro de 1938, nascia Martinho da Vila

    Martinho José Ferreira nasceu em Duas Barras, Rio de Janeiro, em 12 de fevereiro de 1938. Filho de lavradores da Fazenda do Cedro Grande, veio para o Rio de Janeiro com apenas 4 anos. Quando se tornou conhecido, voltou a Duas Barras para ser homenageado pela prefeitura em uma festa, e descobriu que a fazenda onde havia nascido estava à venda. Não hesitou em comprá-la e hoje é o lugar que chama de "Meu off-Rio".Cidadão carioca criado na Serra dos Pretos Forros, sua primeira profissão foi como Auxiliar de Químico Industrial, função aprendida no curso intensivo do SENAI.Um pouco mais tarde, enquanto servia o exército como Sargento Burocrata, cursou a Escola de Instrução Especializada, tornando-se escrevente e contador, profissões que abandonou em 1970, quando deu baixa para se tornar cantor profissional.Pai de oito filhos e avô de sete netos, Martinho conservou o estado civil de solteiro até conhecer a jovem ...

    Leia mais
    FUNK BRASIL - 40 Anos de Baile

    FUNK BRASIL – 40 Anos de Baile

    Cultne registrou o musical inédito, "Funk Brasil 40 anos de Baile"que rolou de agosto a setembro de 2012, no Teatro Miguel Falabella, no Norte Shopping, Zona Norte do Rio. Neste inédito musical, "Funk Brasil 40 anos de Baile" desafiou o público a permanecer sentado enquanto, no palco, embalados pelo ritmo contagiante e ininterrupto de 64 hits, seis atores reviveram momentos marcantes desta expressão tão enérgica e polêmica da cultura nacional. Baseado no livro "Batidão Uma História do Funk", de Silvio Essinger, o texto, escritopor Pedro Monteiro (de "Os Ruivos") e João Bernardo Caldeira, remonta a trajetória do gênero desde o início, nos anos 70, febre do soul até sua ascensão junto ao público e à mídia, quebrando gradativamente as barreiras artísticas, econômicas e sociais.   Com imagens e edição de Dom Filó e finalização de Pedro Oliveira, Cultne registrou o musical inédito, "Funk Brasil 40 anos de Baile"que rolou de ...

    Leia mais
    sabotage 13-Produções

    10 anos sem Sabotage, para sempre Sabotage

    O legado de Sabotage, a saudade de Maurinho No dia 24 de janeiro de 2003 o maestro do Canão, referência à favela em que morava, deixava nosso mundo. Ele seria, no dia seguinte, a atração surpresa em uma das atividades do Fórum Social Mundial, onde nascia o jornal Brasil de Fato   O rapper paulistano Mauro Mateus dos Santos, o Sabotage. Foto: 13 Produções Na altura do número 3.100 da Avenida Água Espraiada, no Brooklin, zona sul de São Paulo, uma porta de madeira é o elo entre a imagem projetada pelo poeta e a realidade. Ali, na apertada, acanhada, acolhedora e mística favela do Canão, um corredor de aproximadamente 20 metros é o que liga todas as casas e serve de passagem aos moradores. No final dele, quatro jovens balançam o corpo ao som de País da fome, um dos sucessos musicais de Mauro Mateus dos Santos, o Maurinho, ou Sabotage. ...

    Leia mais
    black-rio-brazilian

    O movimento Black Rio: Desarmado e perigoso

    por Texto Luciano Marsiglia O subúrbio do Rio fervia ao balanço da música negra em 1977. O gênero que fundia a soul music ao samba ganhava uma projeção inédita e transbordava e importava idéias: os artistas burilavam suas canções, enquanto os adeptos em geral se espelhavam na luta pelos direitos civis nos Estados Unidos para combater o preconceito racial. O assédio das gravadoras, que buscavam seu quinhão black, transformava a música negra em uma arma prestes a dispararEra nesse clima vitorioso que Gérson King Combo aguardava no camarim do clube Magnatas o início do que prometia ser "o lançamento do movimento Black Rio".No ano anterior, ele havia levado cerca de 30 mil pessoas ao Portelão para dançar as músicas de Volume I. Como de costume, chegou com seu Dodge Dart com bancos de veludo e hipnotizou a platéia com uma performance incendiária, que incluía os músicos da União Black e ...

    Leia mais
    jimi-hendrix

    Ouça ‘Somewhere’, música inédita de Jimi Hendrix

    RIO - "Somewhere", música inédita gravada por Jimi Hendrix, foi lançada nesta terça-feira, quase 43 anos após a morte do guitarrista. A canção faz parte do disco "People, hell and angels", que chega às lojas em 5 de março e traz 12 faixas novas, todas gravadas pela lenda do rock entre 1968 e 1969. As músicas que compõem o novo disco deveriam ter entrado no álbum "First days of the new rising sun", no qual Hendrix trabalhava quando morreu, aos 27 anos, em setembro de 1970. "First days..." deveria ser a sequência do aclamado "Electric Ladyland". Além de Hendrix, o baixita Stephen Stills, do grupo Crosby, Stills & Nash (and Young), e o baterista Buddy Miles, da banda The Electric Flag, participaram das gravações. Em sua curta carreira, Hendrix gravou apenas três álbuns de estúdio: "Are you experienced" (1967), "Axis: bold as love" (1967) e "Electric Ladyland" (1968). Desde sua ...

    Leia mais
    nana-vasconcelos

    ‘Sou um Brasil que o Brasil não conhece’, diz Naná Vasconcelos

    “Um bicho estranho”, assim se define o músico Naná Vasconcelos. E não é porque esse pernambucano, homenageado do carnaval recifense, não se considera folião como boa parte dos conterrâneos. A festa de Momo, para ele, sempre foi sinônimo de trabalho e, hoje, de descanso. “É assim que muita gente me via, porque tocava coisas que ninguém tocava, penicos, caçarolas, coisas que não são usuais”, explicou o mago da percussão, que tira som até da água da piscina de casa – escute “Suíte das Águas”, do álbum “Sinfonia e Batuques”, para entender. Hoje, aos 68 anos, ninguém mais estranha os "métodos" de Juvenal de Holanda Vasconcelos. Ele é ovacionado no mundo todo por este talento alquímico, que diz ter desenvolvido sozinho - aos 12 anos, já era músico, tocando em cabarés da cidade, com liberação do Juizado da Infância. Porém, Naná Vasconcelos ainda lamenta um fato: “eu sou um Brasil que ...

    Leia mais
    Lloyd Charmers

    Cantor de reggae Lloyd Charmers morre aos 74 anos

    O cantor de reggae Lloyd Charmers morreu, aos 74 anos, na Segunda-feira, 31/12, depois de sofrer um ataque cardíaco enquanto dirigia seu carro em Londres. De acordo com informações do jornal Jamaica Observer, ele foi levado para o hospital Homerton, na capital inglesa, mas não sobreviveu. Jamaicano, nascido em Kingston, Charmers começou a carreira em 1962, cantando ao lado de Roy Wills no grupo The Charmers. Posteriormente, ele fez parte dos conjuntos The Uniques e The Flames.   Fonte: RNA 

    Leia mais
    Página 1 de 6 1 2 6

    Últimas Postagens

    blank

    Artigos mais vistos (7dias)

    Instagram

    Twitter

    Facebook

    Welcome Back!

    Login to your account below

    Create New Account!

    Fill the forms bellow to register

    Retrieve your password

    Please enter your username or email address to reset your password.

    Add New Playlist