H.E.R. fala sobre violência assédio e empoderamento feminino: “Temos que entender o nosso poder”

Enviado por / FonteVogue

A cantora de 24 anos acaba de se tornar embaixadora de uma das maiores marcas de beleza do mundo

Gabriella Wilson, mais conhecida como H.E.R., está em um dos melhores momentos de sua vida.

No auge de seus 24 anos, a estrela americana concedeu uma entrevista exclusiva para a Vogue Brasil, onde fala de sua carreira, feminismo, assédio, violência contra a mulher, gostos pessoais e novos projetos.

H.E.R. acaba de ser nomeada como a mais nova embaixadora da gigante L’Oréal Paris e celebra o feito, já que, desde pequena, é usuária dos produtos da marca.

Qual foi sua reação quando a L’Oréal Paris entrou em contato com você para ser embaixadora?

Eu não podia acreditar que a L’Oreal Paris queria trabalhar comigo!!!! Eu fiquei muito animada. Eu sou L’Oréal desde que comecei a usar maquiagem. É uma grande honra. Poder ter uma plataforma tão grande para inspirar mulheres jovens e fazer parte de um movimento que empodera todas as mulheres é realmente especial. Espero encorajar as jovens a serem corajosas e confiantes em sua própria pele! 

H.E.R. (Foto: Adrienne Raquel para L’Oréal Paris)

A L’Oréal Paris é conhecida por seu icônico slogan “Porque você, vale muito”. O que essas quatro palavras significam para você?

‘Porque você vale muito’ significa que posso fazer qualquer coisa. Eu sou capaz de alcançar até o maior dos sonhos. Eu sou bonita o suficiente. Eu sou inteligente o suficiente e forte o suficiente.

Quais mulheres te inspiram e te empoderam mais?

Minha mãe me inspira e as chefes da minha vida, com quem trabalho e admiro! Elas me ensinaram tudo, a ser eu mesma e saber que valho a pena.

Qual é o seu mantra?

Eu tenho muitos mantras. Uma das maiores é: ‘Se você não defender algo, você não se apaixonará por nada`.

O que ajudou a moldar seu próprio senso de valor?

Descobrir minha paixão e estar focada no meu caminho, realmente me fez entender meu propósito. Nesse processo, há muitos altos e baixos, mas não importa o que aconteça, sempre me lembro que eu valho a pena. E meus pais me apoiaram desde que eu era muito jovem.

Quais são as causas pelas quais você é mais apaixonada?

Sou mais apaixonada por música e artes nas escolas. Existem muitas escolas que
infelizmente, não temos as ferramentas para criação e espero mudar isso um dia.

De quais realizações pessoais e profissionais você mais se orgulha?

Tenho orgulho de muitos momentos. Estou orgulhoso da minha jornada e dos Grammys e Oscars, é claro. Mas estou ainda mais orgulhosa da mulher que estou me tornando.

Conte-nos algo que ninguém poderia adivinhar sobre você:

Difícil! Provavelmente, que eu não me levo muito a sério.

RELAÇÃO COM A BELEZA

Qual é a sua memória mais antiga de experimentar produtos de beleza?

Lembro-me de usar um pouco de rímel e o mini pó compacto da minha mãe quando eu era pequena.

Conte-nos sobre sua rotina diária de beleza.

Um bom hidratante é necessário! Eu gosto de uma base leve para uma pele impecável, um pouco de blush, e um pouco de brilho.

Algum segredo de beleza que você possa compartilhar conosco?

Eu tenho muitos segredos. Mas acho que uma das maiores é usar meu batom como blush quando não tenho nenhum.

Você pode nos contar mais sobre sua jornada com seu cabelo?

O cabelo tem sido uma jornada difícil. Aprendendo a amá-lo e a cuidar dele. Mas tem valido
a pena. Eu amo tudo sobre o meu cabelo, e como é grande! Tenho orgulho de dizer isso.

HISTÓRIA COM A MÚSICA

Como é que tudo começou?

É uma longa história, mas começou com a minha família. Ninguém fez isso profissionalmente, mas nós sempre amamos a música. Meu pai e minha mãe me incentivaram a sempre atuar, escrever e aprender música.

Qual foi o momento decisivo em sua carreira?

Existem alguns desses momentos, mas acho que ganhar meu primeiro Grammy foi um momento muito grande.

Qual é a mensagem que você quer compartilhar com sua música?

Minha música é sobre estar confortável com a vulnerabilidade e viver sua verdade.

Como você define a relação entre beleza e música?

Beleza e música são ambas formas de expressão. É difícil dizer como você se sente às vezes e tanto a beleza quanto a música, podem dizê-lo sem palavras”

Você pode compartilhar novidades? O que você tem feito?

Estou me preparando para uma turnê mundial com o Coldplay e minha estreia em um filme!! Também fazendo mais música!

EMPODERAMENTO FEMININO

Você se considera feminista?

Sim. Acredito na igualdade de direitos e no empoderamento das mulheres.

Quais são seus sonhos e inspirações para a geração mais jovem?

Acho que essa geração mais jovem já está fazendo muito, mas espero que continuemos usando nossas vozes e entender nosso poder.

O que podemos fazer para empoderar mais mulheres?

Acho que podemos encorajar as mulheres a serem elas mesmas em vez de colocar as mulheres em uma caixa e dar um molde.

A L’Oréal Paris e IPSOS fizeram uma pesquisa internacional e descobriram que 80% das mulheres sofreram assédio sexual em espaços públicos. Isso é, 4 em cada 5 mulheres. Você está surpresa por esses números?

Estou triste que essa seja a nossa realidade e estou muito surpresa.

Você acha que poderíamos reduzir significativamente o assédio e a violência nas ruas contra
mulheres ao empoderar as mulheres quando mais jovens?

Definitivamente, deve haver ferramentas para capacitar as mulheres mais jovens, para aprenderem a lidar com o bullying, assédio e violência. As ferramentas também devem ser estendidas aos rapazes para ensiná-los a fazer melhores escolhas e, esperamos, deter um pouco da violência e do assédio.

SUSTENTABILIDADE

Você está preocupada com as mudanças climáticas?

“As alterações climáticas são um tema pelo qual me apaixono há algum tempo e que todos deveríamos ser apaixonados, mas é negligenciado. A mudança climática é real e está afetando a todos nós. Se não houver mudanças efetivas e impactantes feitas agora, não poderemos reverter ou corrigir o dano”.

+ sobre o tema

Taís faz um debate sobre feminismo negro em Mister Brau

Fiquei muito feliz em poder trazer o feminismo negro...

Conheça a história de Shirley Chisholm, primeira mulher a ingressar na política americana

Tentativas de assassinato e preconceito marcaram a carreira da...

Roda de Conversa: Mulher, raça e afetividades

O grupo de pesquisa Corpus Dissidente promove a roda...

Entristecemos

A recessão nos tirou festa e regalos e nos...

para lembrar

Desafios do Feminismo diante da questão de raça

Há pouco tempo atrás um debate acirrado aqueceu as...

A apresentação de Beyoncé no VMA foi o momento feminista que eu estava esperando

Imagem da apresentação da cantora norte-americana Beyoncé no prêmio Video...

Nós, Madalenas: uma palavra pelo Feminismo

Maria Ribeiro é a fotográfa responsável por transformar em...

Ofensiva feminista

Criminalizado no Brasil, o aborto é um assunto interdito...
spot_imgspot_img

Fernanda Melchionna lança seu primeiro livro em Cachoeirinha neste domingo; “Tudo isso é feminismo?”

“Tudo isso é feminismo?” – uma visão sobre histórias, lutas e mulheres” marca a estreia de Fernanda Melchionna, no universo do livro. A bibliotecária...

Geledés participa do Fórum do Feminismo Negro

O Fórum Global de Feminismos Negros 2024 está ocorrendo entre os dias 04 a 07 de fevereiro, em Bridgetown, Barbados. Sob o tema “Para...

Angela Davis completa 80 anos como ícone marxista e antirracista

A obra de Angela Davis, 80, uma das mais importantes intelectuais do campo do pensamento crítico, se populariza a passos largos no Brasil, país...
-+=