Harvard é processada por foto de escravo feita para provar inferioridade

Enviado por / FonteDo Exame

A descendente de um escravo norte-americano entrou com um processo nesta quarta-feira contra a Universidade de Harvard para obter a posse de fotos de seu tataravô que a escola encomendou em 1850 em nome de um professor que tentava provar a inferioridade de pessoas negras.

As fotos, que retratam um homem negro chamado Renty e sua filha Delia, foram tiradas como parte de um estudo do professor de Harvard Louis Agassiz e estão entre as primeiras fotos de escravos norte-americanos das quais se têm conhecimento.

Atualmente, elas são mantidas no Museu Peabody de Arqueologia e Etnografia do campus de Cambridge, Massachusetts, da Universidade de Harvard.

Um representante de Harvard afirmou que não iria comentar e disse que a universidade ainda não havia recebido a queixa.

Foto de escravo encomendada pela Universidade Havard (Lucas Jackson/Reuters)

Tamara Lanier de Norwich, Connecticut, que afirma ser tataraneta de Renty, acusou Harvard de celebrar o ex-professor que estudava uma “pseudociência racista” e de lucrar com as fotos, que foram tiradas sem o consentimento de Renty e de sua filha.

“O que eu espero que consigamos realizar é mostrar ao mundo quem Renty é”, disse Tamara durante coletiva de imprensa em Nova York. “Eu acho que esse caso é importante porque testará o clima moral desse país e forçará esse país a lidar com sua longa história de racismo”.

+ sobre o tema

Depoimentos de Escravos Brasileiros

Em julho de 1982, o estudante de história Fernando...

Arqueólogos acham peças de engenho de 1580 em São Paulo

Descoberta ajuda a documento o início do ciclo da...

Juremir Machado da Silva: ‘muitos comemoram Revolução sem conhecer a história’

Samir Oliveira O jornalista e historiador Juremir Machado da Silva...

Fotografias definiram a visão que o Ocidente tem da África

Imagens de africanos começaram a circular pela Europa no...

para lembrar

Aluna da Escola Estadual Esther Virgolino tem projeto aprovado em Harvard

Com interesse na pesquisa voltada para projetos e a...

Luíz Gama

Luís Gonzaga Pinto da Gama (Salvador, 21 de junho...

Manuel Querino

Manuel Raimundo Querino nasceu no 28 de julho de...
spot_imgspot_img

Misoginia e racismo na renúncia em Harvard

Muitos têm sido os desdobramentos da guerra em Gaza, cujos efeitos se estendem para além da catastrófica situação da população palestina. Os EUA têm sido especialmente tensionados pela...

Renúncia de Claudine Gay é sangue que agita águas contra mulheres negras

Claudine Gay, a reitora da Universidade Harvard, que anunciou sua renúncia na terça-feira após seu problemático depoimento no Congresso sobre o antissemitismo e as crescentes perguntas sobre citações ausentes em...

Mulherada equilibrista

É na corda bamba da violência extrema e da luta por direitos que se equilibram meninas, jovens e mulheres no Brasil e mundo afora....
-+=