Indicada ao Oscar 2020, animação “Hair Love” fala sobre cabelo afro

O curta-metragem é um dos únicos indicados que possui negros no elenco e produção.

Por Maria Clara Serpa, da Cláudia

Sony Pictures/Divulgação

Depois da divulgação dos indicados ao Oscar 2020 nesta segunda-feira (13), o público e os críticos começaram mais uma vez o debate sobre representatividade na premiação. Como em quase todos os anos, os candidatos são predominantemente homens brancos e a falta de nomes como Lupita Nyong’o, de “Nós”, e Awkwafina e Zhao Shuzhen, de “A Despedida”, que eram promessas, gerou muitos comentários insatisfeitos na internet.

Uma das únicas exceções nesse aspecto foi a indicação de “Hair Love” ao Melhor curta-metragem de animação. O filme, lançado online pela Sony Pictures Animation em dezembro, é estrelado por uma família negra e conta a história de um pai que tenta arrumar os cabelos crespos da filha. Mesmo desajeitado, ele não desiste da missão e assiste a tutoriais para poder arrumar Zuri, a filhota. Ao longo dos quase 7 minutos de duração, o curta envolve o espectador em um enredo que fala sobre aceitação, autoconfiança, e amor.

Além do roteiro representativo, “Hair Love” serviu como base para um livro de mesmo nome, escrito por Matthew A. Cherry, também co-diretor do curta ao lado de Bruce W. Smith e Everett Downing, já conhecidos por filmes da Disney e da Pixar. Matthew contou em entrevistas que se inspirou em vídeos de pais tentando pentear os cabelos afro das filhas para criar o enredo e, então, apresentou a ideia no site Kickstarter, uma plataforma de crowdfunding, onde conseguiu 300 mil dólares para a produção, o maior arrecadamento para uma animação até hoje.

Matthew A. Cherry (Matthew Cherry/Instagram)

No elenco, “Hair Love” conta com Issa Rae, que dubla a mãe, a única personagem que fala durante o filme. A atriz é a criadora da serie “Insecure”, da HBO, que mostra a vida e as dificuldades enfrentadas por uma mulher negra nos dias de hoje. Issa também foi a escolhida para apresentar os candidatos ao Oscar ao lado do ator sul-coreano John Cho na noite passada. Durante os anúncios, ela demonstrou insatisfação ao anunciar que não havia nenhuma mulher entre os indicados a Melhor Diretor. “Parabéns a esses homens”, disse ela.

Assista ao curta-metragem completo abaixo:

 

Leia também:

Conheça Waris Kareem, o artista de 11 anos que é sensação em Lagos, na Nigéria

Desenho animado nigeriano é destaque internacional

10 desenhos infantis inteligentes e que promovem a igualdade

+ sobre o tema

Álbum solo “Boogie Naipe” do Mano Brown é indicado ao Grammy Latino

Após anos de muita expectativa, o álbum de estreia...

Conheça Filhas do Pó, primeiro filme de uma cineasta negra distribuído nos Estados Unidos

Se Filhas do Pó fosse uma grande produção hollywoodiana,...

Conheça os nomes que deverão causar na cena musical em 2018

Entre IZA e Karol Conka, veja cinco artistas que...

Kendrick Lamar coloca soldados para marchar contra o racismo no Grammy 2018

Kendrick Lamar foi um dos grandes destaques da noite...

para lembrar

Chris Rock fez no Oscar o que todos esperavam e alguns temiam

Entre uma investigação jornalística sobre abusos sexuais na Igreja...

Cineasta Steve McQueen critica falta de diversidade nos BAFTA

Nenhuma cineasta, nenhum ator negro. O diretor de cinema...

Rihanna se apresentará no Oscar com ‘Lift Me Up’, trilha sonora de Pantera Negra

Rihanna se apresentará no Oscar com a música “Lift...

Festival ECA de cinema exibe filmes gratuitos no Mês da Consciência Negra

Ao todo, 21 filmes nacionais e estrangeiros estão no...
spot_imgspot_img

Quem é Linda Martell, citada em “Cowboy Carter”, novo álbum de Beyoncé?

O esperado novo álbum de Beyoncé contém uma música que leva o nome de uma mulher que parece ter sido a inspiração para o projeto. “Act...

Com 10 exibições que abordam a luta antirracista, Mostra do Cinema Negro tem sessões a partir de 4 de abril em Presidente Prudente

O Serviço Social da Indústria (Sesi-SP) promove, entre os dias 4 de abril e 23 de maio, uma programação com dez filmes que celebram o cinema...

A Sombra do Sonho de Clarice

O longa-metragem convidado para ser exibido no Lanterna Mágica no dia 21 de março foi O Sonho de Clarice, de Fernando Gutierrez e Guto...
-+=