Joacine Katar Moreira dá voz a 100 pessoas contra o racismo

Enviado por / Fonte Visão, por Lusa

A “forma mais eficaz de combate ao racismo e à discriminação racial”, afirmou Joacine em comunicado, é “a escuta”, ou serem ouvidos, e que “tem sido historicamente negada aos sujeitos racializados”, lê-se num comunicado divulgado pelo gabinete da deputada não inscrita (ex-Livre) sobre a iniciativa “100 vozes contra o racismo”.

São 100 pessoas de diversas áreas como os ‘rappers’ Valete e Deezy, profissionais de saúde como Luciana Gomes e Márcia Cristina, trabalhadores de ‘call center’ como Bárbara Góis e Fábio Varela, escritores e músicos como Kalaf Epalanga e José Rui Rosário, universitárias como Isaiete Jabula e Inácia Sá, jornalistas como José Rui Rosário e Neusa Sousa, o realizador Welket Bungué, o motorista Nelson Semedo e a dançarina Agnês Rodrigues.

“Na luta contra o racismo, temo-nos deparado com a resistência em afirmar a visão e o sentimento das suas vítimas e pela tentativa de monopolização da narrativa e do conhecimento sobre o mesmo, por pessoas que não o sentem na pele, mas que usando o seu lugar de privilégio, tentam controlar a narrativa, enviesando-a”, escreve a deputada de origem guineense, alvo de ataques, por exemplo, de André Ventura, líder do partido Chega, ao sugerir que “seja devolvida ao seu país de origem”.

“A discriminação é a única arma dos medíocres para se destacarem”, escreveu Agnês Rodrigues no seu depoimento da iniciativa “Cem vozes contra o racismo” na conta de Joacine no Facebook, onde a jornalista Djamila Vieira afirmou: “Que os nossos filhos no futuro não sintam o peso da desigualdade racial.”

Em Portugal, o Dia Internacional pela Eliminação da Discriminação Racial é assinalado em Lisboa com uma manifestação no Largo de São Domingos.

+ sobre o tema

EUA terão primeira transgênero a concorrer a governo estadual

Christine Hallquist obteve 48,3% dos votos dos democratas nas...

‘Sementes: Mulheres Pretas no Poder’ abre estreia do primeiro cine coletivona no Museu da Maré

Construído na Maré há dois anos, a ação Coletivona lança dia 31...

Conheça os ‘ g0ys ’, homens que se relacionam entre si, mas não se dizem gays

Eles são homens que se relacionam entre si, mas...

para lembrar

Prefeito de NY diz que morte de Marielle “mostra declínio da democracia brasileira”

Onze dias após o assassinato da vereadora Marielle Franco (PSOL), do...

Grupo Mulheres do Brasil destaca importância de falar sobre racismo

O Comitê de Igualdade Racial do Grupo Mulheres do Brasil lança...

Sobre esse momento na Terra…

“Meus estimados: Não desanimem. Nós fomos feitos para estes...
spot_imgspot_img

Mulher tem aborto legal negado em três hospitais e é obrigada a ouvir batimento do feto, diz Defensoria

A Defensoria Pública de São Paulo atendeu ao menos duas mulheres vítimas de violência sexual que tiveram o acesso ao aborto legal negado após o Conselho...

‘Abuso sexual em abrigos no RS é o que ocorre dentro de casa’, diz ministra

A ministra das Mulheres, Cida Gonçalves, considera que a violência sexual registrada contra mulheres nos abrigos que recebem desalojados pelas enchentes no Rio Grande...

ONU cobra Brasil por aborto legal após 12 mil meninas serem mães em 2023

Mais de 12,5 mil meninas entre 8 e 14 anos foram mães em 2023 no Brasil, num espelho da dimensão da violência contra meninas...
-+=