Maicon Andrade bate britânico e é bronze no taekwondo da Rio-2016

Saiu da Arena Carioca 3, no Parque Olímpico da Barra da Tijuca, uma das medalhas mais improváveis para o Brasil na Rio-2016. Maicon Andrade faturou o bronze acima de 80 kg – categoria que Anderson Silva cogitou disputar para tentar a vaga olímpica. Ele venceu o marfinense naturalizado britânico Mahana Cho por 5 a 4 no final da luta, quando restavam quatro segundos para o fim. O mineiro é mais um atleta ligado às Forças Armadas – ele é da Aeronáutica. Foi a 18ª medalha brasileira nos Jogos do Rio.

Por Daniel Brito e José Ricardo Leite Do Uol

“Por mais que eu tente te explicar, é uma sensação única. É um sonho. Não tem como explicar como é estar aqui. É um momento único. Por mais que fale palavras bonitas, não tem como descrever”, disse Maicon, que teve infância difícil e trabalhou como garçom e pedreiro.

“Como qualquer outro brasileiro, eu trabalhei para sustentar a família, realizar meu sonho. São oito irmãos, sete homens e uma mulher – eu sou o caçula. Consegui me manter no taekwondo até entrar para o alto rendimento”, explicou o lutador de 23 anos.

Sua campanha para chegar ao pódio foi bastante sinuosa. Maicon estreou com vitória de virada sobre o americano Stephen Lambdin por 9 a 7 nas oitavas de final. Na sequência, nas quartas, perdeu para o nigerino Abdoulrazak Issoufou.

A partir de então, teve de torcer para o seu algoz: caso ele chegasse à final, Maicon voltaria na repescagem, primeiro passo para tentar o terceiro lugar. Issoufou surpreendeu, foi à decisão, e o brasileiro retornou ao tatame. Na primeira repescagem, o mineiro não teve dificuldades para bater o francês Bar Diaye por 5 a 2. Na decisão da medalha, saiu atrás, mas recuperou-se embalado pela torcida para escrever seu nome na história.

Vitória a quatro segundos do fim

maicon-vence-e-leva-a-medalha-de-bronze-1471739847285_v2_956x500

A Arena Carioca 3 estava lotada e empurrou Maicon durante todo o combate. Cho é seis centímetros mais alto (1, 96m) e 10 kg mais pesado (100 kg) que o brasileiro.

Por isso, a luta começou estudada e o primeiro round se encerrou sem que ninguém tomasse a dianteira no placar. A primeira pontuação só veio no segundo minuto da segunda parcial, quando o britânico abriu 3 a 1.

Com uma sequência de golpes, Maicon virou o placar para 4 a 3. O ginásio estremeceu com a torcida. Restando um minuto, o britânico empatou em quatro pontos. Mas com um golpe a quatro segundos do fim, o brasileiro garantiu o bronze para levar os brasileiros à loucura – com gritos de “é campeão” e embalados pelo tema da vitória de Ayrton Senna.

“Entrei muito focado e consegui encaixar meu jogo. Ainda tomei um chute em cima, mas não me abalou porque eu ainda estava na luta e no final apliquei uns dois golpes giratórios que era o que eu precisava. E deu certo. É uma conquista muito grande para minha modalidade e para mim”, resumiu Maicon.

Leia também 

Rafaela Silva é a 1ª brasileira na semifinal do judô da Rio-2016 

+ sobre o tema

Produtores sergipanos elaboram Mostra de Cinema Negro

“É preciso quebrar as barreiras impostas pelo modelo de...

Alessandra Santos de Oliveira

Alessandra Santos de Oliveira (2 de Dezembro de 1973),...

Lima Barreto, um Intelectual Negro na Avenida Central

Autora: CELI SILVA GOMES DE FREITAS Filiação Institucional: UERJ   }Suas crônicas...

Alfabetização: memórias de um escritor leitor…

Entrevista - Alfabetização: memórias de um escritor leitor... {xtypo_quote}As...

para lembrar

Aos 39 anos, Shaquille O’Neal anuncia sua aposentadoria das quadras

Após 19 temporadas, astro da NBA, que estava nos...

Daiane conquista ouro no solo do Meeting Internacional em Natal

Também no solo, Diego Hypólito foi ouro na competição...

Dia do Futebol – 19/07

Dia 19/07, comemora-se o Dia do Futebol. A data...

Seleção brasileira enfrenta Alemanha de Cacau em amistoso

Após a eliminação na Copa América, técnico Mano Menezes...
spot_imgspot_img

Kobe, homenageado com estátua, continua a exercer grande influência na NBA

O Los Angeles Lakers escolheu o dia 8/2/24 para inaugurar a estátua de Kobe Bryant à frente de seu ginásio. A data tem referências...

Copa Africana de Nações: África do Sul e Costa do Marfim avançam às semifinais

Nigéria e África do Sul, Congo contra Costa do Marfim. Essas serão as semifinais da Copa Africana de Nações, após os resultados das partidas deste...

Fifa The Best: Marta ganha homenagem especial e vira nome de prêmio

Jogadora mais premiada pela Fifa, com seis troféus de melhor do mundo entre 2006 e 2018, a brasileira Marta foi homenageada na cerimônia desta...
-+=