terça-feira, fevereiro 7, 2023
InícioEm PautaMeritocracia: Aos 35 anos, filha de Luiz Fux é nomeada para vaga...

Meritocracia: Aos 35 anos, filha de Luiz Fux é nomeada para vaga de desembargadora

Nesta segunda, 7, duas horas depois da indicação da lista tríplice pelo Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, o Governador do Estado, Luiz Fernando Pezão, nomeou Marianna Fux, filha do Ministro do Supremo Tribunal Federal, para ocupar a vaga de desembargadora na corte, tornando-a a magistrada mais nova da corte. O processo de escolha foi um dos mais demorados, uma vez que a advogada teve seu nome impugnado por falta de prática jurídica, além de denúncia de que seu pai fizera intensa pressão para que sua filha fosse indicada.

No Justificando 

O surpreendente foi a rápida nomeação. Ainda na tarde de ontem, o Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro aprovou o nome de Marianna como uma das integrantes da lista tríplice para a vaga de desembargador. Segundo informações da Revista Eletrônica Conjur, o Tribunal aprovou-a em primeiro lugar com 125 votos de 180 integrantes da corte. Em segundo, com 120 votos, foi escolhida a advogada Katia Junqueira e, em terceiro, foi aprovado o nome de Genilton Carvalho, com 94 votos.

A escolha da lista tríplice ocorreu por voto aberto. Quem abriu a votação foi o desembargador Luiz Zveiter que indicou Marianna, Katia e Genilton, nessa ordem. Segundo ele argumentou, Marianna era o melhor nome, uma vez que tem mais de dez anos de advocacia, é sócia do escritório Sergio Bermurdes, pós-graduada e fala diversos idiomas.

Em 2014, Fux foi acusado de pressionar conselheiros para aprovarem nome da filha

Em setembro de 2014, antes da eleição ser interrompida pela impugnação à candidatura, a Folha de S. Paulo denunciou a pressão do ministro Luiz Fux a conselheiros da OAB/RJ para que Marianna tivesse seu sonho realizado: tornar-se desembargadora aos 33 anos.

Segundo o jornal apurou, Fux procurou conselheiros e desembargadores para pressionar pela aprovação da filha. Quatro conselheiros relataram que o ministro lembrou, durante as conversas, quais processos a seus cuidados poderiam chegar ao STF. Três desembargadores contaram que Fux os lembrou da candidatura de Marianna. Todos foram convidados para o casamento da filha.

 

Leia também sobre o caso

Meritocracia: Pressão de Fux por nomeação da filha faz OAB alterar processo de escolha

OAB quer impugnar candidatura da filha de Fux

Desembargadores organizam movimento para impedir eleição de Marianna Fux, filha do ministro Luiz Fux

Artigos Relacionados
-+=
PortugueseEnglishSpanishGermanFrench