Ministra Luíza Bairros é homenageada durante Afro XXI

Horas antes de receber a Medalha Zumbi dos Palmares na Câmara Municipal do Salvador, a ministra da Igualdade Racial, Luíza Bairros, foi homenageada pelo público presente à solenidade de abertura oficial do Encontro Ibero-americano dos Afrodescendentes (Afro XXI), que acontece no Centro de Convenções da Bahia. Ao ter seu nome anunciado pelo mestre de cerimônias Jorge Portugal, Luíza teve que aguardar por mais de um minuto enquanto a plateia de cerca de mil pessoas a aplaudia de pé.

A ministra, apesar de ter nascido no Rio Grande do Sul, tem uma longa história no movimento social na Bahia, atuando principalmente no combate ao racismo e no movimento de mulheres negras. Logo mais, às 19h, ela recebe outra homenagem, desta vez na Câmara Municipal. A autora é a vereadora Vânia Galvão (PT), que destacou a longa história de luta da ministra em prol das mulheres negras.

Fonte: Aratu Online

+ sobre o tema

Djamila Ribeiro será homenageada como “personalidade do amanhã” pelo governo da França

A filósofa Djamila Ribeiro, Mestre em Filosofia Política pela...

9 razões para ser feminista

"Tornei-me feminista como uma alternativa a ter que me...

Aluna processa professora por ministrar curso sobre o feminismo

O caso do processo contra uma professora do curso...

Luciana

O que faria uma mulher quase cinquentona, negra e...

para lembrar

Milhares já confirmam presença no ato “Mulheres contra Bolsonaro” em São Paulo

Manifestação, que deve acontecer no Largo da Batata (SP)...

Grupos LGBT do Peru criticam decreto que classifica transexualidade como doença

A comunidade LGBTQIA+ no Peru criticou um decreto do Ministério da...

Escolas unidocentes e turmas multisseriadas em escolas urbanas

ELAS SÃO UMA DAS MAIORES INOVAÇÕES NO ENSINO NO...

Concurso premiará em até R$ 10 mil melhores histórias afro-brasileiras

O concurso Mulheres negras contam sua história vai premiar com R$...
spot_imgspot_img

O mapa da LGBTfobia em São Paulo

970%: este foi o aumento da violência contra pessoas LGBTQIA+ na cidade de São Paulo entre 2015 e 2023, segundo os registros dos serviços de saúde. Trata-se de...

Grupos LGBT do Peru criticam decreto que classifica transexualidade como doença

A comunidade LGBTQIA+ no Peru criticou um decreto do Ministério da Saúde do país sul-americano que qualifica a transexualidade e outras categorias de identidade de gênero...

TSE realiza primeira sessão na história com duas ministras negras

O TSE realizou nesta quinta (9) a primeira sessão de sua história com participação de duas ministras negras e a quarta com mais ministras...
-+=