Mulher é presa por injúria racial contra garçonete em bar no Flamengo

Enviado por / FontePor Lívia Torres, do G1

Vítima disse em depoimento que foi chamada de 'macaca' e teve cabelo puxado. Na delegacia, mãe da presa afirmou que ela sofre de transtorno bipolar e toma remédios controlados.

Uma mulher foi presa em flagrante por injúria racial após ofender e agredir a garçonete de um bar no Flamengo, na Zona Sul do Rio, no último domingo (9). A vítima, que é negra, contou que estava trabalhando no começo da tarde quando começou a ser ofendida por uma mulher.

Társila Almeida, de 21 anos, contou que a cliente tentava entrar no bar desde 9h, mas o bar só abria ao meio-dia. Quando o estabelecimento abriu, ela começou a consumir bebidas alcoólicas. Em depoimento, a garçonete disse que ela a chamou de “macaca” e afirmou que a cor dela era “suja”. Ela contou que também teve o cabelo puxado.

A mulher foi identificada como a autora das ofensas foi identificada como Lívia Coelho.

Viaturas da PM que estavam passando pelo local foram chamadas e todos foram levados para a 9ª DP (Catete), onde o caso foi registrado.

As ofensas foram testemunhadas por dois funcionários, que prestaram depoimento e confirmaram a versão de Társila.

Lívia não prestou depoimento, mas a mãe dela esteve na delegacia. Ela disse que a filha sofre de transtorno bipolar e toma remédios controlados.

A presa também tem passagens por desacato e três lesões corporais.

Lívia deve passar por uma audiência de custódia nessa segunda (10).

+ sobre o tema

Revista americana é acusada de clarear pele de atriz negra em capa de outubro

A foto provocou revolta entre os internautas, que afirmam...

Polícia interna afro-americana por não acreditar que tinha um BMW

Uma mulher negra foi mantida contra sua vontade em...

Cor da pele aumenta risco de homicídios

Em Alagoas é o local onde a diferença...

para lembrar

Mais um Amarildo? Jovem é encontrado morto no Rio após ser abordado por PMs de UPP

Desaparecido há cinco dias, o jovem Clayton da Silva Modesto,...

Racista banido da NBA volta a atacar Magic Johnson

Banido da NBA, dono de time de basquete tenta...

MP pede prisão de Artuzi por racismo

O Ministério Público Estadual (MPE) ingressou ontem com...

IBGE: 3 em cada 4 pessoas com nível superior são de cor branca

CIRILO JUNIOR A presença de pretos e pardos com nível...
spot_imgspot_img

Revolucionário, mas não é para todos

Passei os últimos dias pensando no significado e na profundidade de uma postagem que li numa rede social contendo a afirmação: "Descansar é revolucionário!"....

‘Nossa missão é racializar as políticas públicas em todo país’

Nomeado recentemente  como novo secretário de gestão do Sistema Nacional de Promoção da Igualdade Racial (Sinapir), o jornalista baiano Yuri Silva tem uma tarefa...

‘A escola precisa naturalizar a cultura negra’, diz autor de ‘O Avesso da Pele’ que estará no Festival LED

Autor de “O Avesso da pele” e um dos convidados do Festival LED, nos dias 21 e 22 deste mês, Jeferson Tenório lembra com...
-+=