Mulher negra perde emprego por causa do penteado

Empregador disse que, se ela não tirasse as tranças, não poderia trabalhar

Do R7

Uma universitária inglesa ficou famosa nas redes sociais por fazer uma postagem relatando um caso de racismo no trabalho. Na segunda-feira (23), Lara Odoffin publicou no Facebook um e-mail em que um empregador nega a ela uma vaga na empresa por causa de suas tranças.

— Se você não pode tirá-las, eu infelizmente não posso lhe oferecer nenhum trabalho.

Lara se candidatou em uma vaga aberta na empresa, e não foi aceita porque, segundo o empregador, “faz parte do uniforme e das regras de vestimenta” não ter canecalon.

Em momento algum no e-mail foi dito que Lara não tinha competência ou não possuía o perfil necessário para ocupar o cargo.

Indignada, a estudante publicou o e-mail.

— Isso é discriminação e é nojento que isso ainda seja assunto no século 21. Por favor, compartilhem. Isso não é normal.

Depois, Lara explicou o motivo da postagem.

Leia Também: Não posso te contratar com este cabelo

— Mais do que qualquer coisa isso me deixou chateada. Eu tinha a experiência necessária, eles estavam felizes em me receber… O problema foi só o meu cabelo.

A estudante falou que vai entrar em contato com um advogado e agradeceu pelo apoio que recebeu nas redes sociais. A postagem teve mais de 1900 compartilhamentos e muitos comentários de desconhecidos de Lara demonstrando solidariedade e incentivando a estudante a processar a empresa pelo racismo.

+ sobre o tema

“O grande medo dos alunos era o caveirão”

Como a lógica de guerra operada pelo Estado...

Supermercado é acusado de racismo após associar mulher negra a vassoura

Uma rede de supermercados do Paraná foi acusada de...

Jovem de 19 anos é vítima de racismo em Camapuã

Por: Vinícius Squinelo S. A. R., de 19...

para lembrar

A representação do homem negro no Brasil

Sabe-se bem, embora não custe relembrar: as Américas foram...

Briga entre skinheads e skatistas em SP

Fonte: G1 -   Cinco pessoas continuam presas...

Ollie Johnson, cientista político: ‘O racismo segue vivo e perigoso no Brasil e nos EUA’

Professor de Estudos Afroamericanos na Wayne University (Detroit) esteve...

Fórum de Religiosidades do PCdoB-Rio debate politica de reparação

  O II Fórum de Religiosidade Afro-brasileira do...
spot_imgspot_img

Prisão de torcedores deveria servir de exemplo para o futebol brasileiro

A condenação de três torcedores racistas na Espanha demonstra que, apesar da demora, estamos avançando em termos de uma sociedade que quer viver livre...

Futuro da gestão escolar

A educação pública precisa de muitos parceiros para funcionar. É dever do Estado e da família, com colaboração da sociedade, promover a educação de todas as...

Educação para além dos muros da escola

Você pode fornecer escolas de qualidade para os mais pobres e, mesmo assim, talvez não veja a mudança na realidade do país que se...
-+=