Natália de Sena Carneiro – Coordenadora de Redes Sociais e Comunicação Institucional

Artigo produzido por Redação de Geledés

Nos últimos anos vem atuando como Estrategista Digital / Gerenciamento de projetos digitais e Redes sociais de Geledés 

Projetos em Geledés 

“Nossas Histórias” é uma realização da Rede de Historiadoras Negras e Historiadores Negros em parceira com o Portal Geledés e o Acervo Cultne

Durante toda quarta-feira, um texto produzido por historiadoras negras e historiadores negros é publicado no Portal com objetivo de fortalecer as reflexões voltadas à superação do racismo no Brasil e à democratização do conhecimento mediante práticas de letramento histórico.

Coletiva Negras que Movem, integrada à área colaborativa “Guest Post” do Portal Geledés, divulgando semanalmente artigos de integrantes do Programa de Aceleração do Desenvolvimento de Lideranças Femininas Negras: Marielle Franco do Fundo Baobá.

 

  • Campanhas e parcerias 

Exposição de Geledés no Google Arts & Culture: Em setembro de 2020, fomos convidados pelo Google Arts & Culture para conhecer a plataforma e se possível criar uma exposição sobre o dia da consciência negra.

Entendemos que este trabalho deveria ter um olhar histórico e por este motivo, convidamos a Rede de Historiadoras Nagras e Historiadores Negros, para fazer parte da construção e curadoria do projeto que resultou na construção da exposição “Nossas Histórias: vidas, lutas e saberes da gente negra”. Este trabalho também é desenvolvido em parceria com o acervo cultural Cultne.

‘Racismo e Bullying: Como proteger jovens negras?’  Geledés, Instituto da Mulher Negra, anuncia, com apoio da SaferNet, ONG referência na defesa e na promoção dos direitos humanos na internet, e do Instagram, o lançamento de ‘Racismo e Bullying: Como proteger jovens negras?’,  uma nova série de animação sobre as formas de discriminação que jovens negras sofrem e o impacto em suas vidas. A série ficará disponível no canal do IGTV do @portalgeledes 

  • Projetos desenvolvidos e executados nos últimos anos 

Curso de Multimídia:  Em parceria com o Zoom Cares,  curso gratuito irá capacitar jovens negros da cidade de São Paulo, com o objetivo de prepará-los para o mercado de trabalho e estimular a produção em diferentes àreas da comunicação com enfoque nas temáticas de raça e gênero.

Memória tem cor: Primeira campanha de Geledés Instituto da Mulher Negra,  feita no Twitter e que contou com o apoio do Twitter Brasil, Fundação Tide Setubal e Mutato. 

Guia Instagram: Para celebrar o Dia Internacional da Mulher Negra, Latino-americana e Caribenha,  Geledés lançou com o apoio do Instagram Brasil,  em sua página a aba Guias. Os conteúdos disponibilizados nesta página dialogam com textos de integrantes da organização e conteúdos de parceiros. Essa é  uma ação de reflexão sobre as estruturas que levaram mulheres negras a serem alvos de discriminação e de diversas violências. Falamos também sobre a trajetória da luta antirracista e os caminhos percorridos que trouxeram importantes conquistas, como as cotas na área de educação.

Criação do Canal no YouTube: Em 2018, entendemos a necessidade de fazer uma extensão das nossas pautas para o Youtube, para alcançar um novo público e uma ampliação de todos os conteúdos disponibilizados pelo Portal.

#GERACIONAL: Geledés Instituto da Mulher Negra com o apoio do Instagram promoveu encontros geracionais para valorizar o ativismo, música, arte e literatura.

Documentário 30 anos de Geledés: Para marcar os 30 anos da instituição, foi feito um documentário que contou com a presença de ex-integrantes e atuais integrantes de Geledés 

+ sobre o tema

A costura das máscaras se tornou o sustento da família de Janaína

Costureira e moradora da Cidade Tiradentes, bairro periférico de...

O racismo e o desconhecimento sobre as culturas e espiritualidades dos africanos

“O racismo e o desconhecimento sobre as culturas e...

“É papel do artista saber onde estamos e para onde vamos” diz Mirelle Martins

  A goiana Mirelle Martins, de 34 anos, ganhou o...

Racismo recreativo: atualizando os estereótipos contra as mulheres negras

No último sábado, 18 de janeiro, o programa Caldeirão...

para lembrar

“Ser líder negra é ser infinita, como toda grande força”, diz Neon Cunha

Geledés no Debate inicia 2019 entrevistando Neon Cunha, ativista,...

“É papel do artista saber onde estamos e para onde vamos” diz Mirelle Martins

  A goiana Mirelle Martins, de 34 anos, ganhou o...

Uma liderança em Ferraz de Vasconcelos

A voz que atendeu a reportagem de Geledés por...

“Eu condeno a violência que há contra as mulheres, sejam as africanas ou não”, diz Oumou Sangaré

Oumou Sangaré é uma das maiores vozes africanas na luta contra o sexismo e o racismo. Originária da região Wassoulou, no Mali, Oumou canta...

Uma liderança em Ferraz de Vasconcelos

A voz que atendeu a reportagem de Geledés por trás do grande portão cinza é forte e rouca. É na garagem de sua casa,...

Sueli Carneiro será homenageada hoje e domingo pelo bloco afro Ilú Obá de Min; participe desta festa 

Depois de três anos longe das ruas de São Paulo, o bloco afro Ilú Obá de Min volta neste Carnaval com o tema “Akíkanjú:...
-+=