sexta-feira, fevereiro 3, 2023
InícioQuestão RacialCasos de RacismoNetflix repudia agência +Add Casting que diz ser difícil encontrar ator “negro...

Netflix repudia agência +Add Casting que diz ser difícil encontrar ator “negro bonito”

Primeira produção brasileira da Netflix, a série de ficção “3%” ainda está longe de ficar pronta, mas já está provocando barulho. A razão foi o vazamento de um e-mail de uma agência de atores com o objetivo de encontrar um “ator negro muito bonito” para participar da série, cuja realização está a cargo da produtora Boutique Filmes.

por Mauricio Styler no Blog

A série, com sete episódios, protagonizada por João Miguel e Bianca Comparato, deve começar a ser gravada no início de 2016 com previsão de lançamento internacional no final do ano. A primeira temporada será dirigida por Cesar Charlone.

logo3porcento-300x185

A agência +Add Casting, contratada pela Boutique Filmes, está sendo acusada de racismo pelos termos que usou na mensagem destinada a candidatos ao elenco. O texto diz:

“Precisamos de um ator jovem, na faixa dos 20/25 anos, muito bonito. A direção gostaria que ele fosse negro, então o ideal seria ter um ator negro e muito bonito, mas conscientes do grau de dificuldade, faremos teste também com os bons atores, lindos, que não sejam negros.”

A Netflix se manifestou nesta quinta-feira, repudiando a mensagem: “O email sobre o teste de elenco de ‘3%’ foi enviado sem o conhecimento ou aprovação da Netflix, e contradiz tudo em que acreditamos. Junto à Boutique Filmes, estamos trabalhando para tomar as devidas providências, e lamentamos o que aconteceu.”

A Boutique Filmes, igualmente, se manifestou: “Como produtora responsável pela série ‘3%’, estamos chocados com o e-mail enviado pela empresa terceirizada produtora de casting. A linguagem usada no e-mail é inaceitável e nunca foi aprovada por nós. O texto não representa nossa visão como empresa. Também não representa o espírito da série ou a orientação de casting, que busca retratar a diversidade da população brasileira.”

Já a agência se desculpou: “A + Add Casting gostaria de pedir desculpas pelo e-email que foi enviado convocando atores para o teste de elenco e cujo teor foi equivocadamente mal interpretado como racista e que acabou circulando nas redes sociais. Lamentamos sinceramente este email. Esta mensagem não condiz com a nossa conduta profissional e está longe das intenções que gostaríamos de passar. A Boutique Filmes e todos os profissionais envolvidos neste projeto, não tiveram conhecimento do conteúdo deste email, antes da sua divulgação e portanto, não tem nenhum envolvimento com a sua produção.”

leia também: 

5 motivos para assistir ‘Beasts of No Nation’ o mais rápido possível 

Artigos Relacionados
-+=
PortugueseEnglishSpanishGermanFrench