“Nós estamos aqui”: Rihanna, Alicia Keys e outros artistas participam de campanha contra o racismo nos EUA

Infelizmente,  nos dias atuais o racismo ainda é bastante predominante no mundo. Todos os dias homens e mulheres negros sofrem com o racismo e são mortos, e o Estados Unidos é um dos pioneiros nos casos.

por Luiz Melo no All Rihanna

Com isso,  grandes personalidades da indústria americana se juntaram em uma campanha denominada “We Are Here” (Nós estamos aqui), que é liderada por Alicia Keys.

O vídeo da campanha se chama “#23Maneiras que você poderia ser morto por ser negro na América”, mostrando 23 casos de mortes por racismo que de fato ocorreram nos Estados Unidos.

+ sobre o tema

Carta aberta aos alunos da UERJ

Fonte: Lista Racial -   No sábado por volta das 5:30...

Racismo institucional ainda é realidade na Bahia

Somente 5% dos altos cargos públicos são ocupados por...

para lembrar

Violência abre debate sobre proibição do partido neonazista na Grécia

Após meses de tolerância com relação ao comportamento...

Medo do Ebola jogou 2 jovens africanos nas ruas de SP

Justiça negou acolhimento em abrigo e meninos foram colocados...

Homicídio cresce 460% em 13 anos no Maranhão; Estado falhou, diz secretária

Há 1,9 preso por vaga no sistema maranhense, proporção...

Black Blanc Beur !!!

"Nem todos os torcedores croatas são fascistas. Nem todos...
spot_imgspot_img

Fifa apresenta pacote de medidas contra o racismo no esporte

A Federação Internacional de Futebol apresentou um pacote de medidas contra o racismo no esporte. O mundo do futebol está reunido em Bangkok, na Tailândia, onde...

Tragédia no Sul é ambiental, mas sobretudo política

Até onde a vista alcança, o Rio Grande do Sul é dor, destruição. E vontade de recomeçar. A tragédia socioclimática que engolfou o estado, além da...

Para os filhos que ficam

Os seus pais vão morrer. É ainda mais difícil se dar conta disso depois de um Dia das Mães, como foi o último domingo....
-+=