Ocupação Conceição Evaristo

Entre os dias 4 de maio e 18 de junho, o Itaú Cultural apresenta uma exposição dedicada a uma das vozes mais relevantes e necessárias da literatura brasileira contemporânea: a escritora mineira Conceição Evaristo. A mostra marca a 34ª edição do programa Ocupação – que, em 2017, tem como foco apenas a produção de mulheres representativas da arte e da cultura nacionais.

 

Do Itau Cultural

Nascida em 1946, em Belo Horizonte, Conceição compõe sua obra com base no que chama de “escrevivência”, ou a escrita que nasce do cotidiano e das experiências vividas. Em seus romances, contos e poemas, a autora explora sobretudo o universo – a realidade, a complexidade, a humanidade – da mulher negra.

Apesar de escrever desde a juventude, Conceição só se tornou um nome reconhecido no meio literário recentemente. Exemplo disso é o romance Becos da Memória, que a autora produziu a partir de situações vividas e observadas na extinta favela do Pindura Saia, na capital mineira, onde passou a infância e a adolescência. Concluída no final dos anos 1980, a obra foi publicada apenas em 2006, após o lançamento do livro de estreia da artista, Ponciá Vicêncio (2003).

Além de manuscritos, fotos, correspondências e objetos pessoais, a Ocupação Conceição Evaristo traz conteúdos audiovisuais e acessíveis para pessoas com deficiência, e ainda contempla a atuação da escritora no campo da educação – Conceição se mudou de Minas Gerais para o Rio de Janeiro na década de 1970 e, desde então, se dedicou ao ensino.

Ocupação Conceição Evaristo

abertura
quarta 3 de maio de 2017
às 20h

visitação
quinta 4 de maio a domingo 18 de junho de 2017
terça a sexta 9h às 20h [permanência até as 20h30]
sábado, domingo e feriado 11h às 20h

piso térreo [indicado para todos os públicos]

Entrada gratuita

+ sobre o tema

5 mulheres que transformaram o samba – para conhecer e reverenciar

Por muito tempo, as mulheres não tiveram vez no...

Cientistas sul-africanos acham fósseis de ancestral do homem

Fragmentos em rocha podem pertencer a hominídeo encontrado em...

Severo D’Acelino e a produção textual afro – brasileira

Por Rosemere Ferreira da Silva*     RESUMO: ...

para lembrar

O planeta das “negritas de 25 de mayo”

Moro na Argentina não sei faz quanto tempo em...

Garrincha

..esse ser paradoxal na raiz, "ess antiatleta", esse "desafio...

Nono maior pontuador da NBA, Carmelo Anthony anuncia aposentadoria

O nono maior artilheiro da história da NBA, Carmelo...

O racismo, a moda, e a diversificação dos padrões de beleza: o exemplo de Iman, top model Somali dos anos 70/80

por Joana Passos1 no Scielo RESUMO: Muito do trabalho desenvolvido por pensadoras feministas...
spot_imgspot_img

Segundo documentário sobre Luiz Melodia disseca com precisão o coração indomado, rebelde e livre do artista

Resenha de documentário musical da 16ª edição do festival In-Edit Brasil Título: Luiz Melodia – No coração do Brasil Direção: Alessandra Dorgan Roteiro: Alessandra Dorgan, Patricia Palumbo e Joaquim Castro (com colaboração de Raul Perez) a partir...

Violência contra territórios negros é tema de seminário com movimentos sociais em Salvador

Diante da escalada de violência que atinge comunidades negras e empobrecidas da capital e no interior da Bahia, movimentos sociais, entidades e territórios populares...

Grávida, Iza conta que pretende ter filha via parto normal: ‘Vai acontecer na hora dela’

Iza tem experienciado e aproveitado todas as emoções como mamãe de primeira viagem. No segundo trimestre da gestação de Nala, fruto da relação com Yuri Lima, a...
-+=