segunda-feira, setembro 20, 2021
InícioÁfrica e sua diásporaAfro-brasileiros e suas lutasOCUPAÇÃO de QUILOMBOLAS EM BREJO DOS CRIOULOS, no Norte de Minas

OCUPAÇÃO de QUILOMBOLAS EM BREJO DOS CRIOULOS, no Norte de Minas

Fonte: Comunidade Quilombola Brejo dos Crioulos

Cerca de 150 família quilombolas de Brejo dos Crioulos integrantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem terra – MST – ocuparam, dia 04 de julho de 2009, a Fazenda São Miguel no Território Quilombola Brejo dos Crioulos. O território Brejo dos Crioulos de 17.302 hectares está localizado nos municípios de São João da Ponte, Varzelândia e Verdelândia. Há mais de 10 anos, 500 famílias remanescentes de quilombo, lutam pela conquista deste território. Luta esta estagnada na morosidade do governo Lula, através do INCRA e MDA, em titular este território para os quilombolas.

Este território já tem o laudo antropológico, está delimitado com seu memorial descritivo, tem o levantamento das famílias remanescentes de quilombo na área, tem o levantamento de todas as propriedades dentro do território e está estagnado na titulação e retiradas do latifúndio do território. Das 17.302 hectares do território para 500 famílias, em torno de 14.000 hectares estão nas mãos de oito grandes proprietários, na qual o INCRA e o MDA – Ministério do Desenvolvimento Agrário – não conseguem retirar do local para entregar aos quilombolas, evitando o conflito e diminuindo o problema social causado por esta concentração de terra em poucas mãos gananciosas.

Esta é uma região de muita pobreza onde estas famílias não têm a terra para trabalhar e vivem na miséria e na exploração dos trabalhos oferecidos longe da região, para poderem sustentar seus filhos. A ocupação ocorre como forma de exigir do governo agilização e solução na retirada dos fazendeiros do território e como forma de poderem trabalhar e produzir para o sustento das famílias.

Comunidade Quilombola Brejo dos Crioulos

 

 

Matéria original: OCUPAÇÃO de QUILOMBOLAS EM BREJO DOS CRIOULOS, no Norte de Minas

RELATED ARTICLES