Quilombolas de Brejo dos Crioulos ocupam terras de latifúndio em MG

Fonte: Comissão Pastoral da Terra – MG

 

OCUPAÇÃO de QUILOMBOLAS EM BREJO DOS CRIOULOS, NO NORTE DE MINAS

Cerca de 150 família quilombolas de Brejo dos Crioulos integrantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem terra – MST – ocuparam, dia 04 de julho de 2009, a Fazenda São Miguel no Território Quilombola Brejo dos Crioulos. O território Brejo dos Crioulos de 17.302 hectares está localizado nos municípios de São João da Ponte, Varzelândia e Verdelândia. Há mais de 10 anos, 500 famílias remanescentes de quilombo, lutam pela conquista deste território. Luta esta estagnada na morosidade do governo Lula, através do INCRA e MDA, em titular este território para os quilombolas.

Este território já tem o laudo antropológico, está delimitado com seu memorial descritivo, tem o levantamento das famílias remanescentes de quilombo na área, tem o levantamento de todas as propriedades dentro do território e está estagnado na titulação e retiradas do latifúndio do território. Das 17.302 hectares do território para 500 famílias, em torno de 14.000 hectares estão nas mãos de oito grandes proprietários, na qual o INCRA e o MDA – Ministério do Desenvolvimento Agrário – não conseguem retirar do local para entregar aos quilombolas, evitando o conflito e diminuindo o problema social causado por esta concentração de terra em poucas mãos gananciosas.

Esta é uma região de muita pobreza onde estas famílias não têm a terra para trabalhar e vivem na miséria e na exploração dos trabalhos oferecidos longe da região, para poderem sustentar seus filhos. A ocupação ocorre como forma de exigir do governo agilização e solução na retirada dos fazendeiros do território e como forma de poderem trabalhar e produzir para o sustento das famílias.

Comunidade Quilombola Brejo dos Crioulos

 

Matéria original: Quilombolas de Brejo dos Crioulos ocupam terras de latifúndio em MG

+ sobre o tema

Comunidade quilombola de Cairu (BA) é ameaçada por fazendeiro

Batateira, quilombo situado numa ilha no município de...

Quilombolas poderão comercializar produtos com nota fiscal

Quilombolas do estado do Espírito Santo, certificados pela Fundação...

Fundo Rotativo Solidário beneficiará empreendedores do Fórum da Economia do Negro de Fortaleza (CE)

Por: Karol Assunção   Adital – Empreendedores/as da capital cearense organizados...

para lembrar

Homenagem ao Dia da Consciência Negra

Veja também Consciência Negra Consciência Negra,...

IPEA aponta que renda média de negros é duas vezes menor

    O mais recente Estudo do Instituto de Pesquisas Aplicadas...
spot_imgspot_img

Quilombolas de Marambaia lutam por melhorias nos serviços públicos

Mesmo após a titulação, a comunidade quilombola da Ilha da Marambaia, em Mangaratiba, no Rio de Janeiro, visitada pelo presidente Luiz Inácio Lula da...

Morre o escritor Nêgo Bispo, referência da luta quilombola

A Coordenação Nacional de Articulação das Comunidades Quilombolas, Conaq, confirmou a morte, neste domingo, 03, do escritor e ativista Antônio Bispo dos Santos, conhecido...

Quilombolas vão à COP28 cobrar justiça climática

Comunidades tradicionais do Brasil estão presentes na COP28, conferência do clima da ONU que começou na quinta-feira (30), em Dubai, nos Emirados Árabes. Apesar disso,...
-+=