Cedeca Ceará oferece nova turma de formação em Direitos Humanos

Fonte: Direitos Humanos –

 

 

 

 

Adital – Dia 20 de julho, o Cedeca (Centro de Defesa da Criança e do Adolescente) dará início a mais um curso gratuito de formação em Direitos Humanos de Crianças e Adolescentes. Nessa 5ª turma, o curso será voltado para 40 estudantes universitários, sendo eles de graduação, mestrado ou doutorado.

 

O conteúdo da formação, que terá a carga horária de 40 horas/aula, inclui assuntos como história social da infância; violência: o contexto da criminalização da infância no Brasil; o Estatuto da Criança e do Adolescente e a Convenção Internacional dos Direitos da Criança e Sistema Sócio-educativo.

 

Em edições anteriores o curso atendeu em média um total de 220 pessoas e foi destinado a conselheiros tutelares, estudantes universitários de ciências humanas, adolescentes e mobilizadores comunitários. A intenção desta ação estratégica é capacitar e sensibilizar as diversas camadas da sociedade para a defesa e proteção das crianças e adolescentes, com atenção especial para o respeito e a consolidação dos direitos. A ideia do Cedeca é que a formação continue acontecendo e seja estendida para outros públicos.

 

“O curso de formação tem como objetivo sensibilizar os estudantes universitários para a discussão dos direitos das crianças e dos adolescentes. A intenção é também ampliar e impulsionar esses direitos. Partindo de uma leitura dos movimentos contrários aos direitos humanos das crianças e dos adolescentes, o Cedeca entendeu que seria importante criar ações contrárias ao que vem sendo divulgado. Nós estamos remando contra a maré dos discursos hegemônicos”, esclarece Talita Maciel, assessora jurídica do Cedeca Ceará.

 

Os universitários interessados devem escrever uma carta de motivação e enviar para a sede do Cedeca ou para o e-mail [email protected] Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo. . No primeiro dia de formação será necessário que o aluno comprove estar matriculado em algum curso universitário. Podem ser apresentados o histórico, a declaração da universidade ou ainda a carteira de estudante.

 

O Projeto Debate Político e Formação em Direitos Humanos – Curso de formação com estudantes universitários é oferecido em um momento em que as crianças e os adolescentes estão submetidos a projetos de leis que causam dúvidas e divisões, como a redução da maioridade penal e o toque de recolher. Nesse contexto, o curso pretende estimular o debate sobre a humanização e o papel de cada ator social na garantia dos direitos humanos.

 

Além de mais sete turmas de formação em Direitos Humanos o Projeto prevê ainda campanhas e eventos de sensibilização da opinião pública, o monitoramento da mídia por meio da clipagem de jornais impressos e programas televisivos e também a divulgação de materiais informativos e educativos nas áreas de direito e infância.

 

Serviço

 

Projeto Debate Político e Formação em Direitos Humanos – Curso de formação com estudantes universitários
Período: 20 a 30 de julho de 2009.
Horário: de 8h30min às 12h30min.
Local: Centro de Defesa da Criança e do Adolescente (Cedeca-Ceará) – Rua Deputado João Lopes, 83, Centro.

Mais informações podem ser obtidas pelos telefones (85) 3252.4202 ou no site www.cedecaceara.org.br

Matéria original: Cedeca Ceará oferece nova turma de formação em Direitos Humanos

+ sobre o tema

Preto e dinheiro são palavras rivais???

Por Bruno Rico Do Afro21 Precisamos aprender a reconhecer algo histórico,...

“Para branco sempre tem espaço”, diz Vovô do Ilê sobre dívida do bloco afro

Bloco passa por momento complicado, com dívidas que chegam...

para lembrar

Para comunidade quilombola, trabalhar significa ficar longe da família

por Júlia Dias Carneiro Adelvan da Paixão, de 30...

Militantes do Educafro fazem greve de fome em frente ao Palácio do Planalto

Yara Aquino   Brasília - Cinco militantes do Educafro,...

Cúpula dos Povos: afro-religiosos debaterão justiça ambiental

  No mesmo período em que o Rio...
spot_imgspot_img

João Cândido e o silêncio da escola

João Cândido, o Almirante Negro, é um herói brasileiro. Nasceu no dia 24 de junho de 1880, Encruzilhada do Sul, Rio Grande do Sul....

Levantamento mostra que menos de 10% dos monumentos no Rio retratam pessoas negras

A escravidão foi abolida há 135 anos, mas seus efeitos ainda podem ser notados em um simples passeio pela cidade. Ajudam a explicar, por...

Racismo ainda marca vida de brasileiros

Uma mãe é questionada por uma criança por ser branca e ter um filho negro. Por conta da cor da pele, um homem foi...
-+=