Adiamento da ação que questiona terras quilombolas visa desmobilizar luta, diz líder

O STF suspendeu, nesta quarta, o julgamento da Ação Direta de Inconstitucionalidade proposta pelo DEM

por Lilian Campelo no Brasil de Fato

O Supremo Tribunal Federal (STF) suspendeu o julgamento da Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI), de número 3239, que estava marcado para esta quarta-feira (16) e que questiona o decreto que regulamenta as terras quilombolas. A ação foi aberta pelo partido DEM (Democratas).

O adiamento se deu porque o ministro Dias Toffoli, que pediu vistas do caso, adoeceu. Mas, para Erica Monteiro, liderança quilombola, o adiamento é uma forma de desmobilizar a luta da comunidade.

“É uma estratégia que eles estão usando para nos desmobilizar, porque a cada data que eles marcam para julgar a gente se organiza, se mobiliza, põe quilombola em Brasília. O estado do Pará está com 30 quilombolas em Brasília, com as lideranças de outros estados marcando presença, dizendo: nós estamos aqui, estamos acompanhando”, diz Monteiro que integra a Malungu, Coordenação das Associações das Comunidades Remanescentes de Quilombos do Pará.

Marco Apolo, advogado da Sociedade Paraense de Direitos Humanos, argumenta que, se o DEM ganhar a ação, mais de mil terras quilombolas tituladas serão canceladas, o que representaria um retrocesso social e histórico ao país.

“Isso seria um retrocesso enorme e histórico, uma vez que a titulação de terras quilombolas é uma medida compensatória, uma medida de política de ação afirmativa que visa corrigir a injustiça histórica cometido contra negros e negras no Brasil, que foram escravizados e que, portanto, têm sim o direito às suas terras”, ressalta Apolo.

Está é a terceira vez que o julgamento da titulação das terras quilombolas é adiado pelo STF. De acordo com a assessoria de comunicação do Supremo, ainda não há previsão de uma nova data para que a ação seja analisada.

+ sobre o tema

45 anos da Marcha sobre Washington

No dia 28 de agosto de 1963 acontecia na...

Serena Williams vence Sevastova e chega à final do Aberto dos EUA

Serena saiu da quadra Arthur Ashe com um aceno...

Oprah Winfrey aparece com o cabelo natural em capa de revista

Pela primeira vez em anos, Oprah Winfrey aparece com...

para lembrar

George Wright – Assassino foragido há mais de 40 anos detido em Portugal

Assassino foragido há mais de 40 anos detido em...

Festival de música, dança e gastronomia comemora Dia Nacional do Cigano

Rio de Janeiro - Com um festival de música,...

Alessandra Santos de Oliveira

Alessandra Santos de Oliveira (2 de Dezembro de 1973),...

Bélgica devolve máscara histórica tirada da República Democrática do Congo

O rei Philippe, da Bélgica, que iniciou nesta quarta (8)...
spot_imgspot_img

Cientistas revelam mistério por trás dos antiquíssimos baobás, as árvores da vida

Cientistas afirmam ter resolvido o mistério em torno da origem dos antigos baobás. De acordo com análises de DNA, as árvores teriam surgido pela primeira...

iAMO lança seu programa de residência artística audiovisual durante Festival de Cannes

O Instituto Audiovisual Mulheres de Odun (iAMO), presidido pela cineasta Viviane Ferreira, anuncia na sexta-feira, 17 de maio, o lançamento do seu Programa de...

Carnaval 2025: nove das 12 escolas do Grupo Especial vão levar enredos afro para a Avenida

Em 2025, a Marquês de Sapucaí, com suas luzes e cores, será palco de um verdadeiro aquilombamento, termo que hoje define o movimento de...
-+=