segunda-feira, setembro 20, 2021

Ocupação Paulo Freire

PAULO FREIRE

O professor Paulo Freire (1921-1997), sempre em diálogo com seus alunos, aprendeu que era preciso ouvir e trabalhar em conjunto; dotado de grande sensibilidade social, também entendeu por meio deles que educação não se separa das condições e das perspectivas de vida de cada um. Com isso, ele desenvolveu uma prática educacional que se funda no universo do educando e, ao mesmo tempo, pensa e constrói o mundo. Era preciso ensinar como se escreve casa e defender que todos tenham uma para morar.

Munido de um bem-sucedido método de alfabetização – posto à prova, entre outras experiências no país, em Angicos (RN), cidade na qual 300 pessoas foram alfabetizadas em 40 horas – e de uma filosofia marcada por palavras como liberdade, indignação, esperança, conscientização, amorosidade e autonomia, Paulo Freire trazia um pensamento e uma postura que se tornaram influentes no Brasil e ao redor do mundo, na área da educação e para além dela.

No centenário desse filósofo, escritor e educador, esta Ocupação exibe sua trajetória e a potência viva que ela abriga. Acompanhamos a repercussão de suas propostas – comunicadas em mais de três dezenas de livros – e contamos sua vida, da sombra de uma mangueira em Pernambuco a mais de 30 países, do exílio no período militar à consagração internacional.

A Ocupação Paulo Freire apresenta, ainda, uma publicação impressa, que traz entrevistas com vários “não seguidores” do pedagogo – que não aconselhava segui-lo, mas transformá-lo. Também aqui no site estão disponíveis parte do material exibido na mostra e conteúdos exclusivos.

LOCALIZAÇÃO

 Av. Paulista, 149 – Bela Vista, São Paulo – SP


Leia também:

Amílcar Cabral – por Paulo Freire

100 anos de Paulo Freire: veja 6 ensinamentos do educador que ainda são atuais

RELATED ARTICLES