ONU pede proteção para as mulheres durante confinamento por coronavírus

‘A violência não se limita ao campo de batalha’, afirmou o secretário- geral da organização, Antonio Guterres, em vídeo

Do AFP, no O Globo

O secretário-geral da ONU, o português Antonio Guterres, pediu aos governos que incluam a proteção às mulheres em suas medidas de resposta ao coronavírus. A organização afirma que os casos de violência doméstica cresceram em todo o mundo durante a quarentena necessária para impedir que a Covid-19 de espalhe ainda mais pelo mundo (Foto: ANGELA WEISS / AFP)

O secretário-geral da ONU, Antonio Guterres, fez um apelo mundial para pedir proteção às mulheres em suas próprias casas, no momento em que as medidas de confinamento provocadas pela pandemia de Covid-19 exacerbam a violência de gênero e nas família.

“A violência não se limita ao campo de batalha”, disse em um vídeo em inglês, com legendas em francês, árabe, espanhol, chinês e russo, em uma referência a seu recente apelo por um cessar-fogo em todas as zonas de conflito para um combate mais eficiente contra a doença.

“Para muitas mulheres e meninas, a ameaça é maior justamente onde deveriam estar mais seguras. Em suas próprias casas. Assim, hoje faço um novo apelo à paz nos lares de todo o mundo”, afirmou Guterres. “Nas últimas semanas, com o aumento das pressões econômicas e sociais e do medo, observamos um chocante aumento global da violência doméstica. Peço a todos os governos que a prevenção e a reparação nos casos de violência contra as mulheres sejam um parte vital de seus planos nacionais de resposta contra a COVID-19”, completou.

O secretário-geral da ONU exigiu especialmente a implementação de “sistemas de alerta de emergência em farmácias e supermercados”, os únicos estabelecimentos comerciais que permanecem abertos em muitos países.

“Devemos garantir que as mulheres possam pedir ajuda de maneira segura, sem que aqueles que as maltratam percebam”, insistiu.

Metade da população mundial está confinada em suas casas, devido às medidas implementadas pelos governos para frear a pandemia do coronavírus. Desta maneira, muitas mulheres estão presas dentro de casa com seus agressores, e o fenômeno poderia afetar todos os países, destacou a ONU. Nos Estados Unidos, por exemplo, várias cidades registraram um aumento nos casos de violência doméstica. Na Índia, o número de casos dobrou durante a primeira semana de restrições de movimento, segundo a Comissão Nacional para a Mulher.

“Juntos podemos e devemos prevenir a violência em todas as partes, das zonas de guerra às residências das pessoas, enquanto trabalhamos para vencer a COVID-19”, finalizou Guterres.

+ sobre o tema

Atrizes da Globo se juntam para boicotar volta de Zé Mayer à TV

Segundo coluna do Uol, ator acusado de assediar figurinista...

Webinar debate violência de gênero e segurança de mulheres jornalistas

Resolução aprovada pela ONU para promover a segurança de...

A cada dia, pelo menos 18 meninas são estupradas no Brasil

Principal causa da gravidez precoce, o estupro está relacionado...

Técnica de enfermagem é morta por ex com mais de 50 facadas na frente da filha

Vítima foi atacada quando buscava dinheiro da escola da...

para lembrar

Câmara aprova registro de violência contra a mulher em prontuário médico

Os deputados aprovaram hoje (20) projeto de lei que...

Lutador Ronny Jason é suspeito de agredir a irmã com socos e chutes, diz polícia

Irmã do lutador não registrou boletim de ocorrência, mas...
spot_imgspot_img

Debate na ONU sobre a nova declaração de direitos da população afrodescendente conta com a presença de Geledés

Geledés - Instituto da Mulher Negra esteve presente na sede das Nações Unidas em Genebra, na Suíça, durante os dias 8 e 9 de...

‘Não’ é ‘Não’, inclusive na igreja

No dia 29 de dezembro, o presidente Lula sancionou a lei do protocolo "Não é Não" (lei 14.786/2023), que combate violência e assédio sexual contra mulheres...

Lula sanciona lei que protege mulheres de violência em bares e shows

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva sancionou a lei que cria o protocolo Não é Não, mecanismo de combate ao constrangimento e à...
-+=