Por que mulheres estrangeiras se indignaram TANTO com vídeo da Globeleza?

Para os brasileiros, já é comum ver na televisão a Globeleza dançando nua, apenas com o corpo pintado. Mas o que será que as mulheres de outros países pensam sobre isso? A Revista “Azmina – para mulheres de A a Z”, foi até New Orleans, nos Estados Unidos, que tem um dos carnavais mais famosos do mundo, saber opiniões.

No Bolsa de Mulher 

Um vídeo com a musa brasileira foi mostrado a várias mulheres pelas ruas da cidade e as reações delas ao assistirem foram diversas. Algumas riram, enquanto outras ficaram chocadas e criticaram a sexualização do corpo feminino, principalmente por se tratar de uma negra.

Opiniões sobre a Globeleza

Uma das entrevistadas disse que o que chamou a atenção dela foi o fato de usarem sexo para vender o Carnaval. Outra disse que as brasileiras deveriam se sentir ofendidas com esse comercial: “Mulheres não deveriam aparecer nuas dançando na televisão.”

O racismo também foi destacado por uma das consultadas: “É sempre uma mulher negra que tem que retratar o corpo desta forma. Não é certo.” Já sua amiga disse que por muito tempo só a beleza branca foi valorizada e que acha importante celebrar a beleza negra. “Mas ainda acho que deveria ter um homem com ela. É extremamente machista”, completou.

Houve também quem achasse que não teria problema se tivesse uma versão masculina ou se um homem estivesse dançando junto. “Você simplesmente nunca mostra um homem pelado dançando com o corpo pintado na TV”, afirmou. Assista ao vídeo e veja as reações:

+ sobre o tema

Ciclo de eventos Outubro Negro. Confira!

Debater condições de vida e saúde da população negra...

Feira Preta realiza matchfunding para captar investimento para o projeto “AFROLAB para Elas”

Como contrapartida, os apoiadores terão sua colaboração revertida em...

Comissão de Direitos Humanos repudia atos de homofobia em Goiás e no Rio Grande do Sul

Em nota divulgada nesta sexta-feira (12), a presidente da...

O conceito de gênero por Raewyn Connell: o corpo no foco das relações sociais

Com o fortalecimento das concepções que valorizam as construções...

para lembrar

Sobre verdades e silêncios – por Rosiska Darcy de Oliveira

As carantonhas de torturadores e estupradores voltaram a assombrar...

Concurso Miss Trans oferece reabilitação única para detentos

“Quando um transexual entra em uma prisão destinada à...

Lesbofobia: Lésbicas são agredidas dentro de um trem em São Paulo

Na sexta-feira (15), no horário entre as 06:25h às...
spot_imgspot_img

Em ano olímpico, Rebeca Andrade ganha homenagem da Barbie e quer inspirar outros sonhos

Rebeca Andrade, 25, possui uma longa lista de conquistas. A ginasta é medalhista olímpica, vencedora de ouro e prata, bicampeã mundial, medalhas nos jogos Pan-Americanos...

O mapa da LGBTfobia em São Paulo

970%: este foi o aumento da violência contra pessoas LGBTQIA+ na cidade de São Paulo entre 2015 e 2023, segundo os registros dos serviços de saúde. Trata-se de...

Grupos LGBT do Peru criticam decreto que classifica transexualidade como doença

A comunidade LGBTQIA+ no Peru criticou um decreto do Ministério da Saúde do país sul-americano que qualifica a transexualidade e outras categorias de identidade de gênero...
-+=