quinta-feira, dezembro 8, 2022
InícioQuestão RacialCasos de RacismoPresidente, diretor e mais um funcionário são demitidos após fantasia blackface

Presidente, diretor e mais um funcionário são demitidos após fantasia blackface

A multinacional de produção de softwares Salesforce demitiu três funcionários de sua filial brasileira após a festa de fim de ano da empresa ter causado polêmica depois que um deles se fantasiou de um meme de Whatsapp chamado “Negão do Whatsapp”. O presidente, o diretor comercial e um empregado da área de vendas foram dispensados.

Do  

Festa à fantasia da empresa Salesforce. Foto: Reprodução

Tudo começou quando a área de recursos humanos resolveu promover um concurso de melhor fantasia na festa, com premiação em dinheiro para os três primeiros colocados, com votação entre os funcionários presentes na confraternização. Vestido de camisa azul, uma toalha no ombro, chapéu rosa e uma prótese para imitar o pênis do personagem, o “Negão do Whatsapp” ficou em quarto lugar. Em uma foto feita no dia da festa, o funcionário aparece fantasiado ao lado do diretor comercial e outras pessoas.

A imagem foi parar na sede da Salesforce, em São Francisco, nos Estados Unidos, e gerou uma crise. Uma das versões para as demissões dos três funcionários diz que a empresa quis demitir o “Negão do Whatsapp”, mas o diretor comercial o defendeu explicando que o Brasil é um país mais liberal. Dessa forma, a multinacional decidiu dispensar os dois. Então, o presidente da companhia no Brasil resolveu interferir por considerar as punições exageradas e também foi mandado embora. Além deles, outros dois funcionários foram suspensos por se fantasiarem como personagens do filme “As Branquelas”.

A Salesforce não quis comentar as demissões.

Artigos Relacionados
-+=
PortugueseEnglishSpanishGermanFrench