segunda-feira, setembro 26, 2022
InícioQuestão RacialCasos de RacismoProfessora é afastada suspeita de injúria racial contra aluna no Paraná: 'Sua...

Professora é afastada suspeita de injúria racial contra aluna no Paraná: ‘Sua preta sebosa e encardida’

Boletim de ocorrência foi registrado pela família da criança. Polícia Civil investiga o caso; defesa da professora nega que ela tenha cometido crime.

Fonte: G1

Uma professora foi afastada do cargo por suspeita de injúria racial contra uma aluna da terceira série, em Tuneiras do Oeste, no noroeste do Paraná.

O pai e a mãe da criança procuraram a Polícia Militar (PM) e registram o caso, que ocorreu no dia 3 de agosto na Escola Municipal Professora Maria José da Silva.

Segundo família, a menina, de nove anos ,chegou em casa chorando e contou à mãe que estava rabiscando em uma carteira quando a professora a segurou pelo braço e disse:

“Sua preta sebosa e encardida”.

A estudante contou aos pais ter ficado assustada e que, então, a professora teria dito:

“Cara feia para mim é fome”.

No boletim de ocorrência da PM consta ainda que a professora negou os fatos e que, ao ver a carteira rabiscada, chamou atenção da turma inteira.

A Prefeitura de Tuneiras do Oeste afirmou que ainda não foi notificada judicialmente. Segundo a prefeitura, a professora é funcionária pública concursada e tem mais de 20 anos de carreira.

A Secretaria Municipal de Educação afastou a profissional das funções e disse que abriu um procedimento interno para apuração do caso.

A defesa da professora nega que ela tenha cometido o crime e informou que entrou com um pedido para que o afastamento se torne uma licença prêmio a qual ela tem direito.

A Polícia Civil instaurou um inquérito e está investigando o caso.

Até a publicação desta reportagem, o Ministério Público do Paraná (MP-PR) não respondeu sobre o caso.

Artigos Relacionados
-+=
PortugueseEnglishSpanishGermanFrench