Quilombo Rio do Macaco – denuncia flagrantes desrespeitos aos direitos humanos fundamentais

Denúncia: Marinha do Brasil deflagrou guerra a um grupo de famílias que vive próximo à Baía de Aratu e ali habita desde antes da chegada da unidade da Marinha. Via Bahia na Rede

Canudos é aqui, entre Salvador e Simões Filho, na Baía de Aratu. Este filme mostra que a Marinha do Brasil deflagrou nesta região guerra a um grupo de famílias negras descendentes de escravos que vivem ali antes da chegada da marinha. Hoje constituem mais de 50 famílias reconhecida pela Fundação Cultural Palmares como remanescente de quilombo.

Entre os moradores há pessoas com mais de 100 anos que nasceram no mesmo local onde vivem até hoje. Só que agora sob regime de tensão e violência, aterrorizados: garantem que passam a noite acordados com medo de morrer (soldados passeiam à noite toda pelas suas roças) e têm medo de sair pois quando voltar poderão encontrar a casa derrubada.

O acesso à comunidade é controlado pelo portão de entrada da Vila Militar, um condomínio de residências de sub-oficiais da Marinha; e os conflitos vêm, sobretudo, com a construção desta Vila, a partir de 1971. As famílias da área foram removidas e desalojadas. Hoje estão proibidas de plantar e sendo expulsas da área.

O filme denuncia flagrantes desrespeitos aos direitos humanos fundamentais.

YouTube video

 

Fonte: Youtube

+ sobre o tema

Movimento negro sugere nomes para substituir Barbosa

Foi entregue pela organização não governamental Educação e Cidadania...

Incra reconhece território quilombola pela primeira vez no Paraná

Foto: Carolina Goetten Portaria de reconhecimento oficializará os limites da comunidade...

Uma aula de inclusão racial com um menino de 10 anos

"É importante mostrar a realidade a partir do ponto...

Raquel Trindade recebe prêmio da OAB SP

Elke Lopes Muniz A escritora, artista plástica, coreógrafa e folclorista...

para lembrar

O Passado Sempre Chega ao Presente ?

O bom artigo de Ana Flavia Pinto e Felipe...

Projeto espacial esbarra em comunidades quilombolas no MA

  A empresa estatal binacional ACS (Alcântara-Cyclone Space),...

É preciso combater o racismo por Leci Brandão

Em São Paulo, a imprensa diariamente mostra casos de...
spot_imgspot_img

Cultura popular é feita na base da teimosia, diz militante quilombola

Aiuê de São Benedito. Festa da Capina. Marambiré. Suça…Graças ao interesse e ao empenho de grupos populares, um amplo conjunto de manifestações culturais tradicionais...

Quem é o quilombola bailarino que inspirou filme com passos que vão do clássico ao contemporâneo

O preconceito é um dos principais males sociais com os quais os quilombolas de todo o Brasil têm convivido. Por isso, a trajetória de Kunta Leonardo,...

Justiça determina reintegração de posse a quilombolas em Goiás

A Justiça Federal determinou a reintegração de posse de todas as áreas invadidas pertencentes à Comunidade Quilombola Kalunga, localizadas nos municípios goianos de Cavalcante,...
-+=